PRÉ-SAL ALCANÇA NOVOS ÍNDICES HISTÓRICOS EM MAIO E JÁ REPRESENTA 60,7% DA PRODUÇÃO NACIONAL | PetroNotícias





PRÉ-SAL ALCANÇA NOVOS ÍNDICES HISTÓRICOS EM MAIO E JÁ REPRESENTA 60,7% DA PRODUÇÃO NACIONAL

maricaO pré-sal consolida cada vez mais seu protagonismo na produção nacional de óleo e gás. A camada registrou novos recordes no mês de maio, de acordo com novo relatório da Agência Nacional do Petróleo (ANP). Durante o período, a produção oriunda dos 97 poços da área foi de 2,106 milhões de barris de petróleo equivalente por dia (boe/d), sendo 1,674 milhão de barris diários de petróleo e 68,7 milhões de metros cúbicos de gás natural.

Além disso, a produção no pré-sal correspondeu a 60,7% do total produzido no Brasil, o que também representa um novo recorde. O volume extraído do poços da camada em maio foi 6,4% maior que o do mês anterior e 14,5% maior na comparação com o mesmo intervalo de 2018.

Como sempre, o campo de Lula, na Bacia de Santos, manteve o posto de maior produtor de petróleo e gás, com uma média de 910 mil de barris de petróleo por dia e de 39,1 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia. O FPSO Cidade de Maricá, que está produzindo em Lula, extraiu 149,9 mil barris por dia e foi a instalação com maior produção de petróleo.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of