GENERAL EDUARDO GARRIDO DEIXA MINISTÉRIO DA DEFESA PARA ASSUMIR O PARQUE TECNOLÓGICO DA USINA DE ITAIPU | PetroNotícias





GENERAL EDUARDO GARRIDO DEIXA MINISTÉRIO DA DEFESA PARA ASSUMIR O PARQUE TECNOLÓGICO DA USINA DE ITAIPU

General Garrido2O novo diretor-superintendente do Parque Tecnológico Itaipu, general Eduardo Castanheira Garrido Alves, tomou posse em Foz do Iguaçu, Paraná. Garrido deixou o cargo de assessor especial do Ministro da Defesa para assumir a diretoria do PTI. O Diretor  da Itaipu Binacional, General Silva e Luna, disse que “Ele é um gestor por excelência. Diria que, nas Forças Armadas, talvez fosse o mais preparado em termos de planejamento estratégico voltado a finanças e orçamento.” A integração do PTI com a Itaipu será cada vez maior e com foco voltado principalmente para atender às necessidades da usina, em especial a sua atividade-fim, que é a geração de energia. Entre os apoios mais importantes está o suporte ao projeto de atualização tecnológica da hidrelétrica. Esse processo garantirá que Itaipu consiga produzir nos mesmos patamares de hoje, com sucessivos recordes de geração.

Outras ações para o Oeste do Paraná devem continuar, como a gestão do Complexo Turístico Itaipu (CTI) e o apoio ao empreendedorismo por meio das incubadoras instaladas no parque.  Com a chegada do general Garrido, a diretoria do PTI fica completa. Flaviano da Costa Masnik, diretor administrativo-financeiro, ocupava interinamente o cargo de diretor-superintendente desde maio deste ano. A diretoria técnica é comandada por Rafael José Deitos. Os dois são empregados de carreira da Itaipu.  O general Garrido entra com o desafio de dar continuidade à reorganização da instituição, que agora tem como foco dar sustentabilidade à operação da usina. Após as adequações, o PTI deve atuar com projetos de diversificações das fontes energéticas e armazenamento de energia.

Depois da solenidade de posse o General Garrido reforçou seu compromisso com resultados: “Eu, que venho da área de logística, sempre tinha que entregar um suprimento na hora certa, no momento exato. Então tenho muito arraigado esse conceito de entregas. Vamos buscar a valorização dos trabalhadores do PTI, buscando a motivação para que cada vez mais eles se sintam inseridos nas relações do parque e no sucesso da nossa mantenedora, porque isso representará o sucesso de todos nós.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of