PETROBRÁS CONTRATA SONDA DA OCYAN PARA PERFURAÇÃO EM ÁGUAS PROFUNDAS

AAAAA Ocyan está comemorando. A sonda de perfuração em águas profundas Norbe VI, uma das seis de propriedade da empresa, foi recontratada pela Petrobrás para um período de dois anos. A embarcação é uma plataforma de perfuração semissubmersível, com posicionamento dinâmico capaz de operar em lâmina d’água de até 2,4 mil metros e perfurar poços até 7,5 mil metros. A sonda foi construída em 2010 e esteve em contrato com a Petrobrás até 2018. Com a assinatura, todas as sondas da Ocyan estão com contratos ativos. Heitor Gioppo (foto), diretor Superintendente da Unidade de Perfuração da Ocyan, disse que “A assinatura deste contrato com a Petrobrás mostra que estamos no caminho certo, pois mantivemos a Norbe VI preservada todo este tempo para o retorno ao mercado, o que ocorreu dentro da meta estabelecida. Sinaliza que superamos todos os desafios impostos e comprovamos nossa competência e excelênciassss operacional.”

A sonda foi uma das classificadas pela Petrobrás na licitação para contratação de equipamentos com capacidade para operar em 2 mil metros de lâmina d’água em águas brasileiras delimitadas pelas coordenadas geográficas de acordo com Contratos de Concessão, Cessão Onerosa ou Contratos de Partilha de Produção. A Norbe VI estava há dez meses em sistema de manutenção no estaleiro Enseada Indústria Naval, em Maragogipe, na Bahia. Lá, a embarcação passou pelas várias etapas do projeto integrado de preservação, visando manter seus equipamentos e sistemas,  mantendo a integridade da unidade para os próximos projetos de intervenção a poços.

Em meados de agosto, a plataforma chegará ao Rio de Janeiro, na Baía de Guanabara, e vai passar por uma nova fase de manutenção e de adequação para atender às exigências deste novo contrato: “Vamos trazer a sonda para o Rio de Janeiro para ajustes finais. A nossa previsão é iniciar os trabalhos no último trimestre de 2019”, explicou o executivo. Em uma sonda com essas trabalham, aproximadamente, 150 pessoas.

A sonda semissubmersível já foi contratada da Petrobrás e realizou operações no período, entre 2011 a meados de 2018, e teve como indicador favorável a marca de dois anos sem acidentes a bordo. O contrato foi finalizado com 98% de índice de eficiência e ficou em segundo lugar no ranking de performance da Petrobrás.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of