SHELL ESCOLHE 15 STARTUPS QUE DESENVOLVERAM SOLUÇÕES PARA O SETOR DE ÓLEO E GÁS | PetroNotícias





SHELL ESCOLHE 15 STARTUPS QUE DESENVOLVERAM SOLUÇÕES PARA O SETOR DE ÓLEO E GÁS

ddddApós um período de três anos de desaceleração e crise, cresce  na indústria de óleo e gás a expectativa pelo começo da retomada nos investimentos. Ela é tão alta que a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) espera realizar ainda neste ano três leilões de petróleo e gás, retomando a atração de investidores. O reaquecimento acompanha o movimento de projetos em inovação e tecnologia. Um exemplo é a parceria entre Shell Brasil com a Fábrica de Startups, impactando 150 empreendedores em dois programas de aceleração e dois programas de Ideation Week. O movimento é um dos maiores dentro da indústria de óleo e gás.

O primeiro programa de aceleração já está na reta final dentro sede da aceleradora, no Porto Maravilha, em frente a Baía de Guanabara. Nesta etapa, são 15 startups selecionadas que estão trabalhando para desenvolver soluções upstream – atividade caracterizada pela busca, identificação e locação de fontes de óleo. O resultado final com a apresentação das soluções será amanhã (13), diante de uma banca formada por mentores da Fábrica de Startups e representantes da Shell Brasil.

O CEO da Fábrica de Startups Brasil, Hector Gusmão (foto principal), disse que “Este primeiro ciclo de aceleração já nos deu resultados muito positivos com as startups do programa da Shell. Conseguimos conectar diversos perfis de empreendedores, e acreditamos que essa diversidade é o que trouxe tantas soluções boas que serão apresentadas.  Agora estamos entrando no segundo ciclo de aceleração, prontos para trazer ainda mais inovação”.

Entre as tecnologias que estão participando do programa está a startup Rio Analytics, fundada em janeiro de 2017 pelo empreendedor ccxxVictor Chaves, após cinco anos de experiência na indústria de óleo e gás. No programa de aceleração, o produto busca reduzir os custos relacionados a falhas não-programadas de separadores multifásicos por meio de inteligência artificial. Com 12 anos no mercado, a IntCom tem como tecnologia a gestão de embarques e desembarques, que até então era feira em planilhas de Excel causando falhas na seleção de funcionários, controle de documentação e de serviços logísticos. No programa de aceleração, a startup está renovando os conceitos e metodologias na gestão de parcerias com o objetivo de agilizar o fluxo de informações e níveis de aprovações.

xssO diretor financeiro da Shell Brasil, Gustavo Bursztyn, faz um balanço desta primeira etapa do programa de aceleração colocando os projetos propostos capacitados a impactar toda a indústria de energética do país. “É muito animador ver nestes primeiros meses de parceria com a Fábrica de Startups o entusiasmo dos empreendedores que recebem nossa mentoria e abraçam nossas demandas. Nesta intensa troca de experiências, estamos impressionados com a agilidade e a criatividade que estes projetos estão trazendo ao setor energético. São soluções com potencial de beneficiar não só a Shell Brasil, mas a toda a indústria. A inovação está no DNA da Shell Brasil e também destas empresas”. O segundo ciclo de aceleração com novas startups começará em outubro com a semana de inovação envolvendo mais 40 empreendedores.

Para lembrar, a Fábrica de Startups Brasil é uma empresa de co-inovação. Através de uma metodologia própria, conecta corporações e startups com o objetivo de inovar, juntos. Oferece uma gama de serviços para a corporação, baseados em 3 grandes pilares: Cultura, Inovação e Branding. Para o empreendedor disponibiliza aceleração, uma rede de mentores, espaço físico, metodologia, apoio para crescer sua empresa e geração de negócios. Tudo isso sem onerar a startup.

Sediada no Brasil desde novembro de 2018 com investimento de R$ 5 milhões, a Fábrica de Startups conta com empresas âncoras nas áreas de telecomunicações, óleo e gás e varejo. No espaço de 3.700 m²m, serão aceleradas 130 startups por ano, que juntas terão um faturamento de R$ 50 milhões, criando assim, o maior ecossistema empreendedor do Rio de Janeiro.

1
Deixe seu comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] SHELL ESCOLHE 15 STARTUPS QUE DESENVOLVERAM SOLUÇÕES PARA O SETOR DE ÓLEO E GÁS […]