Megabanner

NOVAS TECNOLOGIAS DIGITAIS PARA ÓLEO&GÁS SERÃO TEMAS PARA ENCONTRO DE CINCO DIAS NO RIO

ssaDurante cinco dias, mais de 90 representantes nacionais e internacionais do setor de óleo e gás e do ecossistema de inovação debaterão o impacto das tecnologias digitais no futuro dos segmentos de Upstream, Downstream, Gás e Energia e os possíveis desdobramentos em outros setores da economia. O encontro acontecerá na O&G TechWeek, na próxima semana, entre os dias 26 e 30.  Será o primeiro evento brasileiro focado em tecnologia e tendências para o futuro do setor que, esse ano, conta com a parceria do Conselho Mundial de Petróleo (WPC)  

Com uma programação de talk shows, estudos de casos e atividades interativas, o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), idealizador e realizador do evento, busca conectar os maiores players do setor de energia com pesquisadores, investidores, empreendedores, startups e empresas de ponta da área de tecnologia. O desafio é garantir que o bom momento da indústria de petróleo e gás brasileira resulte em uma verdadeira transformação digital no segmento, em linha com o que se espera da indústria 4.0.

Augusto Borella(foto), gerente de Transformação Digital da Petrobrás e Chairman do Comitê Técnico da O&G TechWeek, diz que  “A O&G TechWeek é um estímulo para que essa indústria transcenda suas fronteiras e práticas tradicionais, pavimentando um caminho de maior cooperação e se abrindo às otimizações em processos e à aplicação de tecnologias digitais. Existem oportunidades de ganhos imediatos e significativos se contarmos com a participação dos principais atores deste ecossistema.

Dessa vez, a O&G TechWeek acontece em um espaço que já se consolidou como uma plataforma de inovação: a revitalizada região portuária do Rio de Janeiro, no mesmo endereço ocupado pela Fábrica de Startups, uma das parceiras do evento. Outra novidade é a realização pelo WPC do Expert Workshop, nos dias 26 e 27. O encontro contará ainda com um dia dedicado à bvvcdAlemanha, país considerado líder na revolução 4.0.

“Queremos trazer o benchmark de políticas públicas de fomento ao desenvolvimento de tecnologia e inovação e de capacitação de mão de obra qualificada para atendimento aos novos requisitos da transformação digital, além de networking entre os participantes”, explica Melissa Fernandez(foto), gerente de Tecnologia e Inovação do IBP. No dia 30 de agosto, a agenda do evento inclui também o TechTour, visitas aos principais centros de pesquisa e tecnologia do Rio de Janeiro, além de hackathons e sessões de pitchs de startups. Tais iniciativas foram pensadas para propiciar a interação e a troca de experiências entre o setor de óleo e gás e o ecossistema de inovação.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of