Megabanner

PETROBRÁS ABRE A O&G TECHWEEK APRESENTANDO OPORTUNIDADES PARA STARTUPS

DSO gerente executivo da Petrobrás/Cenpes, Orlando Ribeiro(foto), disse hoje (26), na abertura da quarta edição da O&G TechWeek, principal evento de tecnologia do setor de óleo e gás, que a companhia estuda abrir novos editais de apoio a startups dedicadas à inovação no setor. Segundo ele, os contratos com as primeiras dez empresas que estão sendo selecionadas em parceria com o Sebrae devem ser assinados em breve. As novas iniciativas devem envolver outros parceiros, como a Finep: “Podemos aumentar nosso rebanho de unicórnios. As startups vão fazer diferença”, disse ao explicar o interesse pelas parcerias.

Orlando Ribeiro afirmou ainda que a Petrobrás tem participado das discussões com as agências reguladoras para liberar recursos de pesquisa e desenvolvimento de forma a permitir que o ciclo de inovação se acelere: “Temos grande potencial de inovação pelas tecnologias já disponíveis e pelo pipeline de inovação”.  Milton Costa Filho, Secretário Geral do Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), organizador do evento, destacou na abertura que as novas tecnologias serão essenciais para que o setor alcance seus objetivos e dobre a produção de óleo e gás até 2030: “A ANP estima um potencial de 60 FPSOs (unidade flutuante de produção de óleo e gás) na próxima década para atender aGGF demanda de produção. Imagina a quantidade de tecnologia que será necessária nessas estruturas”.

Segundo Milton, o IBP criou um conselho de transformação digital para atuar junto às comissões técnicas do Instituto focadas em tecnologia e alavancar essa transformação digital nos vários segmentos da cadeia de petróleo e gás. Além disso, por meio da UnIBP – Universidade do Setor de Petróleo, Gás e Biocombustíveis, também está trabalhando na capacitação de profissionais que atendam às novas demandas. Temos o desafio de treinar capital humano para transformar a indústria”. O representante do World Petroleum Council (WPC), Gerardo Uria, entidade parceira da TechWeek, reconheceu que integrar digitalização nos processos do setor é um grande desafio, mas frisou que a tecnologia anda rápido e é preciso estar preparado. “Vivemos em um mundo interconectado e nossas operações precisam se beneficiar disso.” A O&G Techweek  termina na quinta-feira (30), no AQWA Corporate, na região portuária do Rio de Janeiro com palestras, rodadas tecnológicas, hackathons e sessões de ideação. Veja a programação completa do evento em http://www.ogtechweek.com.br

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of