WESTINGHOUSE FAZ PARCERIA PARA VENDER COMBUSTÍVEL NUCLEAR PARA A ENERGOATOM

SA Energoatom da Ucrânia e a Westinghouse dos Estados Unidos  assinaram um acordo preliminar para a Westinghouse fabricar combustível para os reatores VVER-440 no país. A Ucrânia possui dois VVER-440s – unidades 1 e 2 da usina nuclear de Rovno. O acordo foi assinado em Kiev  pelo presidente e CEO da Energoatom, Yury Nedahskovsky, e pelo presidente e CEO da Westinghouse Electric, Patrick Fragman. A Energoatom também assinou um memorando de entendimento e cooperação no setor de energia nuclear com a Westinghouse Electric Sweden, que já fabrica conjuntos de combustível para as unidades VVER-1000.

Os ucranianos  disseram  em um comunicado que apoiará os aspectos regulatórios e operacionais de possíveis entregas futuras de combustível da Westinghouse para os reatores ucranianos VVER-440, enquanto a os americanos  utilizarão sua experiência em tecnologia e produção de combustível para reatores do tipo VVER. Fragman, que se tornou CEO da Westinghouse no mês passado, disse que a empresa está interessada em trabalhar com a Energoatom em “tantos projetos quanto possível”.

 Nedashkovsky disse que os acordos são  “ as confirmações de maior expansão e aprofundamento da cooperação ddsssentre as duas empresas. Isso é evidência de que a Westinghouse entende nossas necessidades e que estamos cientes de suas capacidades. Essa  cooperação ocupa um lugar decisivo nas nossas atividades, pois se refere a quase todas as nossas principais áreas de operação.

 A principal área é a estratégia da Energoatom de diversificar as fontes de suprimento de combustível nuclear para as usinas nucleares ucranianas, disse ele, acrescentando que espera que o combustível da Westinghouse na unidade 3 da fábrica no sul da Ucrânia seja colocado em operação comercial até o final deste ano. A empresa planeja carregar combustível da Westinghouse na unidade 5 de sua planta de Zaporoazhe durante sua interrupção programada de manutenção.

Em julho, o Ministério da Energia e Carvão da Ucrânia anunciou que a Ucrânia Power Bridge Company  havia vencido a licitação para um parceiro privado para o projeto da ponte de energia. Esta empresa é um consórcio que inclui Westinghouse, disse Nedashkovsky. O projeto visa tornar possível a exportação de eletricidade para a União Europeia desconectando a unidade 2 da usina de Khmelnitsky da rede nacional ucraniana e atrair o financiamento necessário para concluir as unidades 3 e 4 da usina.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of