FRAMATOME E A SIEMENS VENCEM CONCORRÊNCIA PARA FORNECER O SISTEMA DE INSTRUMENTAÇÃO DA USINA NUCLEAR DA FINLÂNDIA

DSSAAA Titan-2 da Rússia,  principal contratante do projeto da usina nuclear Hanhikivi 1  na Finlândia,  assinou um contrato com o consórcio Framatome-Siemens para os principais sistemas de instrumentação (I&C) e controle  da usina. O contrato foi assinado em Moscou, na presença de Kirill Komarov, vice-diretor geral da empresa estatal russa Rosatom; Willi Meixner, CEO do negócio de energia e gás da Siemens; e Bernard Fontana, CEO da Framatome.  De acordo com o contrato, a francesa Framatome fornecerá os sistemas de automação de segurança e a alemã Siemens fornecerá os sistemas operacionais de I&C. Esses sistemas da  fornecem as funções de proteção e monitoramento necessários para garantir a operação  confiável da usina.

A Titan-2 disse que a principal tarefa no âmbito do contrato será garantir o desenvolvimento da documentação necessária para licenciar o projeto. Ele acrescentou que os Sistemas de Controle Automatizado da Rosatom fornecerão orientação técnica e integração do trabalho no sistema de controle de processo automatizado para o projeto Hanhikivi 1. A Titan-2 também está liderando as obras de construção da unidade 1 do projeto Leningrado II em Sosnovy Bor, na Rússia, que é a planta de referência da unidade finlandesa. O hardware Framatome já havia sido usado nesse projeto.

Jouni Takakarhu, diretor de projetos, disse que  “O contrato de I&C é um marco importante para todo o projeto Hanhikivi 1. A Framatome-Siemens tem experiência nos requisitos de segurança finlandeses e na tecnologia VVER russa. Agora, com todos os principais fornecedores selecionados, o trabalho de design e licenciamento pode prosseguir de acordo com nossa programação”. O COO da Fennovoima, Timo Okkonen, acrescentou: “A Framatome e a Siemens estarão envolvidas no projeto, implementação e análise das soluções de automação da planta Hanhikivi 1. Nosso objetivo é obter a licença de construção em 2021. Antes disso, o relatório preliminar de análise de segurança deve ser concluído e enviado à Autoridade de Radiação e Segurança Nuclear (STUK) .Com o progresso do trabalho de projeto básico relacionado, também estamos nos preparando para a fase de construção. Ainda há muito trabalho a ser feito para atender aos requisitos finlandeses na preparação de todo cadeia de suprimentos para o início da construção “.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of