UM AMERICANO E UM DINAMARQUÊS VÃO DIVIDIR O MAIS IMPORTANTE PRÊMIO MUNDIAL DE ENERGIA

bbbA Associação Global de Energia concedeu a um professor americano e outro dinamarquês  o Prêmio Global de Energia 2019,  pela criação de  tecnologias de armazenamento e integração de energia. O ministro da Energia da Rússia, Alexander Novak, entregou o prêmio mundial de ciência, à  Khalil Amine, dos Estados Unidos, e Frede Blaabjerg, da Dinamarca, pelo trabalho  em tecnologias de armazenamento e integração de energia. O prêmio homenageia anualmente pesquisas que impactam em todo o planeta e fornece tecnologia para enfrentar os desafios energéticos. A Associação Global de Energia desenvolve pesquisas e projetos internacionais no campo da energia  com o apoio das principais empresas russas de energia PJSC “GAZPROM”, “FGC UES”, PJSC, PJSC “Surgutneftegas”. A Associação gerencia o Prêmio Global de Energia, organiza a cúpula de mesmo nome e implementa o Programa Global para Jovens da Energia.

Khalil Amine, do Laboratório Nacional de Argonne, foi reconhecido por sua  contribuição ao desenvolvimento de uma eficiente tecnologia de armazenamento de energia elétrica, e Frede Blaabjerg, da Universidade de Aalborg, COPRE (Centro de Eletrônica de Potência Confiável), pela  contribuição técnica para o projeto de sistemas de gerenciamento de energia, permitindo a integração de energia renovável. Os laureados foram selecionados entre 39 candidatos de 12 nações. Eles dividem o prêmio, seu prêmio em dinheiro de US$ 600.000, medalhas de ouro e rótulos de ouro.

O médico americano Khalil Amine, o cientista de baterias mais citado do mundo, é autor de materiais e sistemas de bateria avançados para veículos elétricos, energia elétrica, satélites, indústrias militar e médica. As tecnologias do cientista são usadas pelas maiores empresas do mundo, incluindo produtores de eletrônicos de consumo e todos os fabricantes de veículos com motores híbridos e elétricos. Uma de suas mais recentes inovações é um novo sistema de fechamento de bateria de superóxido capaz de produzir até cinco vezes mais energia que as baterias de íon de lítio.

O professor dinamarquês Frede Blaabjerg é amplamente conhecido pela implementação comercial de novos métodos conceituais para garantir a confiabilidade da eletrônica de potência para o setor de energia elétrica. Ele é responsável por várias invenções na tecnologia de acionamento de velocidade variável, que hoje são amplamente utilizadas em sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado, por exemplo. O aprimoramento da eficiência energética de tais sistemas resultou em economia de energia de centenas de milhões de dólares por ano. Além disso, os conversores de Frede Blaabjerg reduzem os custos de energia gerada pelas usinas de energia solar e eólica, melhorando a confiabilidade dos geradores conectados às redes de distribuição de energia. Esses projetos permitem um desempenho estável e confiável de sistemas de fonte de alimentação em larga escala.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of