Megabanner

SETE BRASIL, KEPPEL E SEMBCORP CHEGAM A ACORDO SOBRE SONDAS DE PERFURAÇÃO

sonda-urcaA situação da Sete Brasil ainda é muito complicada, mas novos acordos com os grupos de Singapura Keppel Offshore & Marine e Sembcorp Marine, anunciados nesta segunda-feira (7), trouxeram um sopro de alívio. No primeiro entendimento, ficou acertado que a Keppel assumirá a propriedade de quatro sondas de perfuração semissubmersíveis da Sete: Bracuhy, Portogalo, Mangaratiba e Botinas. Na segunda parte, o acordo com a SembCorp Marine definiu que sete contratos de navios-sonda, no valor total de US$ 5,6 bilhões, serão rescindidos, sem nenhum prejuízo para os lados.

Com relação à transferência da propriedade das quatros sondas semissubmersíveis, o que ficou decidido é que o grupo Keppel – que foi escolhido para construir as unidades – vai considerar estes contratos rescindidos, sem penalidades, reembolsos ou valores adicionais devidos a qualquer parte. As sondas Bracuhy e Portogalo estão com cerca de 40% e 21% de suas obras concluídas, respectivamente. Já os trabalhos em Mangaratiba e Botinas estão abaixo de 10%. Quando o acordo entrar em vigor, a Keppel disse que “poderá explorar várias opções para extrair o melhor valor desses ativos”.

Paralelamente a isso, na última semana, foi acertada a venda de outras duas sondas semissubmersíveis: Urca e Frade – ambas sendo construídas pela Keppel. Os ativos foram adquiridos pelo fundo de investimento Magni Partners. Agora, a Keppel está negociando com a Magni os termos para concluir as obras das duas unidades, com 92% e 70% de trabalhos concluídos, respectivamente.

Na outra parte do acordo, referente à rescisão dos contratos dos navios-sonda, ficou decidido que a SembCorp e a Sete encerrarão o processo de arbitragem para reivindicações contratuais iniciadas em abril de 2016. A SembCorp Marine disse que fará novos anúncios quando todas as condições precedentes forem cumpridas e o acordo de entrar em vigor definitivamente.

A Sete Brasil identificou um comprador para as suas subsidiárias, proprietárias de dois navios-sonda. Espera-se que o comprador negocie com a Sembcorp Marine a celebração de novos contratos para concluir os navios-sonda”, acrescentou o grupo de Singapura.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of