PROCESSO DE IMPROBIDADE CONTRA SBM OFFSHORE NO BRASIL É ENCERRADO FORMALMENTE

SBM OffshoreA SBM Offshore anunciou nesta quarta-feira (9) que foi notificada do encerramento formal do processo de improbidade movido pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a empresa. Assim, de acordo com o grupo holandês, o acordo de leniência de R$ 200 milhões firmado com o MPF, no ano passado, passa a se tornar eficaz.

O MPF investigou desvios em contratos da SBM com a Petrobrás relativos a afretamento para operação dos navios-plataforma FPSO 2, FPSO Espadarte/Anchieta, FPSO Brasil, FPSO Marlim Sul, FPSO Capixaba, FPSO P-57, monoboia PRA-1 e Turret P53.

Em dezembro do ano passado, a empresa conseguiu a homologação de seu acordo com o MPF, após aval da Câmara Brasileira de Coordenação e Revisão e Combate à Corrupção. O último passo para acertar suas contas com as autoridades brasileiras era o encerramento do processo de improbidade, anunciado hoje.

Em junho deste ano, a SBM foi anunciada como escolhida para construir e afretar o FPSO Mero 2. O navio-plataforma será interligado a até 16 poços e terá capacidade de processar até 180 mil barris de petróleo por dia e 12 milhões de m³/dia de gás. O início da produção está previsto para 2022.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of