CRESCEU A TENSÃO ENTRE IRÃ, ARÁBIA SAUDITA E ESTADOS UNIDOS DEPOIS DO ATAQUE AO PETROLEIRO NO MAR VERMELHO

bfffsdsdsSubiu a tensão no Oriente Médio depois que um petroleiro do Irã foi bombardeado na costa da Arábia Saudita, no Mar Vermelho.  O Irã prometeu retaliação.  O secretário do Conselho Supremo de Segurança iraniano, Ali Shamjani,  encontraram pistas sobre o ataque de mísseis contra o navio Sabiti. Ele disse que revisaram os vídeois disponíveis e que “  As evidências reunidas pelos serviços de Inteligência, foram expostas as primeiras pistas sobre a perigosa aventura de atacar um petroleiro iraniano no Mar Vermelho”. O ataque aconteceu após meses de tensões entre Irã e a Arábia Saudita, que acusou o vizinho pelos ataques à sua refinaria. Os ataques contra o navio  atingiu dois depósitos na parte de cima da embarcação, que deve chegar a um porto iraniano em dez dias.

A empresa petroleira National Iranian Tanker Company ( NITC), proprietária do Sabiti, afirmou que houve  duas explosões. A empresa negou, porém, a informação de que o ataque tenha tido origem em território saudita. O incidente causou vazamentos de petróleo no Mar Vermelho. A Arábia Saudita  afirmou por meio de sua agência de notícias estatal que as autoridades receberam uma mensagem do capitão do Sabiti, dizendo que “a parte da frente do navio foi quebrada, resultando em um vazamento de petróleo no mar, originário dos tanques do navio”.  O Sabiti continuou a se locomover e desligou seu radar eletrônico sem repassar mais informações, o que justificaria os ataques.

Os ataques fizeram com que os Estados unidos anunciassem o envio de quase dois mil soldados oara a Arábia Saudita para tentar evitar ataques contra o reino saudita. O Irã continua a negar a autoria dos ataques contra a refinaria saudita  e disse que qualquer reação vinda dos EUA ou dos sauditas vai iniciar uma guerra. É muito provável que esta tensão cause mudanças no mercado internacional de petróleo a partir desta segunda-feira (14).

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of