PETROBRÁS CONCLUI VENDA DA BELEM BIOENERGIA E AVANÇA EM DESINVESTIMENTO EM ÁREAS DE SERGIPE-ALAGOAS

petrobrasA Petrobrás finalizou a venda da sua participação de 50% na empresa Belem Bioenergia Brasil, subsidiária criada em 2011 pela estatal brasileira e pela Galp, para  a  produção de óleo vegetal no Brasil. A parcela de controle acionário foi vendida para a Galp Bioenergy, que já era dona da fatia restante na empresa.

Segundo a Petrobrás, após o cumprimento de todas as condições precedentes, a operação foi concluída. Agora, a companhia tem direito de receber cerca de R$ 24,7 milhões, que serão retidos pela Galp até dezembro de 2020 para compensação de potenciais pagamentos de indenizações.

Enquanto isso, a Petrobrás também informou que iniciou a etapa de divulgação da venda de sua participação em 15 blocos exploratórios em terra, localizados na Bacia de Sergipe-Alagoas.

São ao todo 15 blocos. Oito deles são exclusivamente da estatal: SEAL-T-61_R11, SEAL-T-112_R12, SEAL-T-165_R12, SEAL-T-177_R12, SEAL-T-359_R12, SEAL-T-372_R12, SEAL-T-383_R12 e SEAL-T-384_R12. Nos demais 7 blocos, a Petrobrás (50%) e a Nova Petróleo (50%) são parceiras nas concessões SEAL-T-279_R12, SEAL-T-280_R12, SEAL-T-291_R12, SEAL-T-292_R12, SEAL-T-345, SEAL-T-346_R12 e SEAL-T-360_R12.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of