CONSÓRCIO FORMADO COPAGAZ, ITAÚSA E NACIONAL GÁS COMPRA A LIQUIGÁS POR R$ 3,7 BILHÕES

SQQQQAA Petrobrás, em seu esforço de venda de seus ativos que ela considera que não são seus “negócios próprios”, anuncia a venda da Liquigás para um consórcio formado entre Copagaz,  Itaúsa  e Nacional Gás, que  apresentou uma proposta de R$ 3,7 bilhões pela totalidade de sua participação acionária na empresa. A Copagaz será a controladora da companhia. Fontes ligadas à estatal afirmam que a petroleira teria recebido outras ofertas – o fundo Mubadala, de Abu Dabi, com mais empresas regionais, foi apontado como outro grupo interessado pelo negócio. A transação ainda será submetida à aprovação pelos órgãos competentes da Petrobrás e as etapas subsequentes do projeto ainda serão divulgadas ao mercado.

Em 2016, o Grupo Ultra, dono da rede Ipiranga e da Ultragaz, anunciou a compra da companhia por R$ 2,8 bilhões, mas o negócio foi barrado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), alegando concentração de mercado. No início deste ano, a Petrobrás contratou o banco Santander para conduzir novamente as negociações. Para evitar problemas com o Cade, a Copagaz, que tem cerca de 10% de participação no mercado, se uniu ao Grupo Itaúsa, que tem entre seus investimentos a Alpargatas e é acionista do gasoduto NTS, que também pertencia à Petrobrás, para fazer proposta pelo negócio. A Nacional Gás também será acionista minoritária.

1
Deixe seu comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] e produção em águas profundas. Nesta semana, outra subsidiária da empresa, a Liquigás, foi vendida integralmente por R$ 3,7 bilhões para um consórcio formado entre Copagaz,  Itaúsa  e Nacional […]