ANGLOGOLD ASHANTI COMEMORA 185 DE BRASIL RECEBENDO PRÊMIO DE SEGURANÇA PELAS AÇÕES EM SUA MINA DE GOIÁS

RGCNo ano em que comemora 185 anos de atuação no Brasil, a AngloGold Ashanti Brasil celebra outro importante marco: os 30 anos da unidade de negócios Serra Grande, localizada em Crixás, em Goiás. Por lá, o ouro foi produzido em de novembro de 1989, cerca de 13 anos depois da fase de prospecção geológica, em 1976. Com quase 4,4 milhões de onças de ouro, cerca de 136 toneladas, produzidas nesses 30 anos, Serra Grande é a principal produtora e exportadora de ouro do Estado de Goiás. Durante o ano de 2018, foram cerca de 130 mil onças produzidas pelas três minas subterrâneas – Mina Nova, Mina III e Palmeiras – e pelas duas minas a céu aberto. “Nos últimos cinco anos, fizemos investimentos significativos em pesquisa, com ampliação das reservas e busca de novos corpos de minérios. Temos uma operação robusta e com ótimas perspectivas”, revela Carlos Eduardo Paraizo, diretor de Operações da Serra Grande.

Para a empresa, o momento é de comemorar.  Pelos bons resultados dos negócios e também, segunda a empresa, pelo relacionamento com a comunidade: “Temos como valor tornar as comunidades melhores em função da nossa presença. Essa contribuição para Crixás pode ser vista em diferentes formas, seja pela geração de emprego, pelas compras de fornecedores locais ou pelos investimentos sociais”, destaca Paraizo. Em 2018, foram investidos R$ 1,2 milhão em ações sociais em Crixás. São cerca de 1.500 empregados, diretos e indiretos. Já em compras com empresas locais, o valor de 2018 chegou a R$ 46 milhões, e a NNBVVdestinação de impostos para o município foi de R$ 9,5 milhões.

Entre as 13 operações da AngloGold Ashanti localizadas em nove países, a unidade Serra Grande recebeu um importante reconhecimento este ano: o Chairman’s Global Safety Award (Premiação Global de Segurança do Presidente do Conselho de Administração). É uma premiação mundial do grupo para a unidade que se destaca em segurança. O prêmio avaliou um conjunto de indicadores de segurança e a evolução contínua da unidade como um todo. Foi a quarta vez que a Serra Grande recebeu esta premiação, o que a torna a unidade mais premiada desde a criação do prêmio em 2002.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of