SUBMARINO RIACHUELO COMEÇA OS TESTES DE IMERSÃO ESTÁTICA PARA AVALIAR SUA ESTABILIDADE NO MAR

swwsO “Riachuelo”, primeiro dos quatro submarinos de propulsão diesel-elétrica em construção no âmbito do Programa de Desenvolvimento de Submarinos da Marinha do Brasil (PROSUB), está sendo submetido a partir desta quinta-feira (21) a importantes testes que vão avaliar a sua capacidade. Já começaram os testes de Imersão Estática, um procedimento fundamental e até decisivo na avaliação de sua estabilidade no mar. A atividade será realizada em área marítima próxima ao Complexo Naval de Itaguaí, na Baía de Sepetiba, no Rio de Janeiro. Será a primeira de uma série de avaliações que precederão a entrega definitiva do “Riachuelo” ao Comando da Força de Submarinos, prevista para o segundo semestre de 2020. A imersão estática consiste na admissão controlada da água nos tanques de lastro do submarino, até a sua ffrrimersão completa, sem utilizar sua propulsão. Será possível, então, aferir não apenas a estanqueidade e estabilidade do submarino quando mergulhado, mas também coletar dados sobre o volume de água que foi admitido nos tanques internos, essenciais para o conhecimento do seu deslocamento total.

Para lembrar, a Marinha viveu no dia 14 de dezembro do ano passado  um dia especial em sua história, com o lançamento do submarino Riachuelo, no Complexo Naval da Marinha, em Itaguaí. Naquele dia, o então presidente eleito, Jair Bolsonaro, o presidente Michel Temer, o futuro Ministro de Minas e Energia, Bento Costa Lima, e o comandante da ddeeMarinha, Eduardo Bacellar Leal, acionaram juntos o elevador que lançou o submarino no mar pela primeira vez. Era um grande passo para a conquista inicial de um projeto grandioso das Forças Armadas. O Riachuelo é o primeiro de uma série de quatro embarcações convencionais do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub), que prevê ainda a construção do primeiro submarino nuclear brasileiro.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of