INSTALADO COM ÊXITO O VASO DE PRESSÃO DO REATOR DA UNIDADE 5 DA USINA NUCLEAR SHIN KORI, DA CORÉIA DO SUL

AAAAA unidade 5 da usina nuclear Shin Kori da Coréia do Sul concluiu a instalação do vaso de pressão do reator APR 1400, que está programado para entrar em operação comercial em 2023.  “A instalação do reator é o marco mais importante de todo o período de construção, completando a construção de grandes estruturas em cerca de 50% de todo o processo de construção e iniciando trabalhos eletromecânicos”, disse em nota a Korea Hydro and Nuclear Power (KHNP). O vaso do reator foi fabricado pela Doosan Heavy Industries & Construction.

A construção das unidades Shin Kori 5 e 6 começou em abril de 2017 e setembro de 2018, respectivamente. No final de outubro, a construção das duas unidades estava 51% concluída. A unidade 6 está programada para ser comissionada em junho de 2024. A construção das duas primeiras unidades APR-1400 – Shin Kori 3 e 4 – foi autorizada em 2006, embora a licença de construção real não tenha sido emitida até abril de 2008. O primeiro concreto para Shin Kori 3 foi derramado em outubro de 2008, com o da unidade 4 em agosto de 2009. A unidade 3 estava originalmente programada para entrar em operação comercial no final de 2013, com a unidade 4 com início em setembro de 2014. No entanto, sua operação foi atrasada pela necessidade de testar os cabos de controle relacionados à segurança e sua subsequente substituição .

Duas outras unidades APR-1400 estão em construção na Coréia do Sul: as unidades 1 e 2 do site Shin Hanul. Outros quatro APR-1400 estão em construção em Barakah, nos Emirados Árabes Unidos, com a primeira dessas unidades programada para começar a operar no próximo ano. O APR-1400 é um reator de água pressurizada evolucionário com suas origens no modelo CE System 80+. Projetado principalmente pela Korea Engineering Company. Produz 1400 MWe e tem uma vida útil de 60 anos. Substitui o projeto padronizado 995 MWe OPR-1000, do qual a Coréia do Sul construiu 12. O APR-1400 apresenta melhorias na operação, segurança, manutenção e acessibilidade com base na experiência acumulada e no desenvolvimento tecnológico. A certificação de projeto do Instituto Coreano de Segurança Nuclear foi concedida em maio de 2003. Em outubro de 2017, o European Utility Requirements – um grupo de consultoria técnica para serviços públicos europeus em usinas nucleares – aprovou o projeto do reator APR1400. A Comissão Reguladora Nuclear dos Estados Unidos certificou o APR-1400 em agosto deste ano, constatando que o projeto atende totalmente aos requisitos de segurança americanos.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of