MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA DESTINARÁ R$ 20 MILHÕES PARA INAUGURAÇÃO DE MAIS DUAS CASCATAS DE ULTRACENTRÍFUGAS

brasil-ministro-minas-energia-bento-albuquerque-20190129-003-copyAgilidade é a palavra de ordem no Ministério de Minas e Energia quando o assunto é fonte nuclear. Por isso, a pasta já vai destinar, nas próximas semanas, um montante de R$ 20 milhões para a inauguração da 9ª e 10ª cascatas de ultracentrífugas. Os equipamentos, como se sabe, são usados no enriquecimento de urânio usado como combustível nuclear. O anúncio, feito pelo ministro Bento Albuquerque, aconteceu ainda durante a inauguração da 8ª cascata, na Fábrica de Combustível Nuclear (FCN), em Resende (RJ), na última semana, em cerimônia com a participação do presidente Jair Bolsonaro.

Sua presença nesta cerimônia [se referindo a Bolsonaro] torna a data oportuna para anunciarmos que o Ministério de Minas e Energia destinará, nas próximas semanas, R$ 20 milhões para que possamos caminhar, a passos largos, para inauguramos a 9ª e 10ª cascatas a partir de 2020”, disse Albuquerque.

Segundo a  Indústrias Nucleares do Brasil (INB), a 9ª cascata está com parte de sua estrutura pronta, esperando pela instalação da ultracentrífuga pela Marinha. A previsão é que seja inaugurada no final de 2020.

A implantação da Usina de Enriquecimento Isotópico de Urânio da FCN está dividida em duas fases. Na primeira delas, estão previstas as dez primeiras cascatas de ultracentrífugas. Com conclusão para ser concluída em 2021, ao final da etapa 1, o projeto atenderá 80% da demanda de Angra 1. Já na segunda fase, estão previstas mais 30 cascatas de ultracentrífugas, o que dará à INB capacidade para atender totalmente as recargas de Angra 1, 2 e 3.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of