Megabanner

APÓS ÓLEO NO NORDESTE, ANP VAI PRIORIZAR PROJETOS AMBIENTAIS DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO

anpO ainda não esclarecido derramamento de óleo no litoral do Brasil motivou a Agência Nacional do Petróleo (ANP) a estimular a realização de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (P,D&I) correlacionados às temáticas ambientais.

O escopo abrange as seguintes iniciativas: modelagem de dispersão de óleo em ambientes marítimos; monitoramento de infraestruturas de produção, escoamento e transporte de petróleo; metodologias de monitoramento e prevenção de perdas de contenção de hidrocarbonetos em unidades marítimas de produção; prevenção de blowouts; e monitoramento de poços.

Além disso, serão incentivados projetos de respostas a emergências, infraestrutura e ICS (Incident Command System); sensoriamento e monitoramento remoto de incidentes; e metodologias de análises de risco aplicadas à indústria do petróleo e do gás natural.

De acordo com a ANP, os projetos relacionados a essas temáticas serão prioritariamente analisados. “O fomento a tais projetos é consequência da participação da ANP no Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), formado também pelo Ibama e pela Marinha”, explicou o órgão.

A entidade disse ainda que apoiará também os projetos  desenvolvidos pelos grupos de trabalho instituídos pela Coordenação Científica do Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), que é formado por mais de 100 pesquisadores e cientistas de universidades e instituto de pesquisas nacionais.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of