Megabanner

PETROBRÁS INICIA PERFURAÇÃO DE POÇO EM UIRAPURU E ENCONTRA INDÍCIOS DE ÓLEO EM SERGIPE-ALAGOAS

west tellusA atividade exploratória no bloco de Uirapuru, na Bacia de Santos, entrou em nova etapa. A Petrobrás iniciou nesta semana a perfuração de um poço na área (1-BRSA-1373B-SPS), em lâmina d’água de 1.995 metros. A atividade está sendo realizada com o navio-sonda West Tellus. Para lembrar, em novembro, a estatal já havia iniciado a perfuração de outro poço (1-BRSA-1373A-SPS) no bloco.

Uirapuru  foi adquirido com bastante disputa durante a 4ª Rodada de Partilha, realizada em 2018. Foram quatro propostas oferecidas pela área. O consórcio vencedor foi formado por Equinor (28%), ExxonMobil (28%) e Petrogal (14%), desbancando a proposta feita por Petrobrás, Total e BP. Como a estatal tinha o direito de preferência, decidiu então ingressar no consórcio vencedor, com 30% de participação e operação.

Enquanto isso, também nesta semana, na Bacia de Sergipe-Alagoas, a Petrobrás notificou que encontrou indícios de petróleo no poço 3-BRSA-1371-SES, dentro do bloco SEAL-M-424. A descoberta foi feita em lâmina d’água de 2.696 metros.

1
Deixe seu comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Luciano Seixas Chagas Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Luciano Seixas Chagas
Visitante
Luciano Seixas Chagas

Investir em Uirapuru é bom, pois uma descoberta neste ativo significa a comprovação de óleo e muito gás num importante e rico alinhamento geológico, de direção N-S, que compreende as acumulações de Guanxuma, Carcará, Carcará Norte e Sagitário. Todas as acumulações citadas se tornarão excelentes campos petrolíferos face as suas peculiaridades geolócom reservas que estimo em pelo menos 8 bilhões de barris (boe) quer sejam : 2 bilhões em Carcará, outros 2 bilhões em Carcará Norte, 0, 6 bilhões em Guanxuma e 0,4 bilhões outra acumulação no BM-S-8 vendido pela Petrobras junto com Carcará e Guanxuma , um péssimo negócio.… Read more »