Megabanner

BRASCO VAI OPERAR BASE REMOTA NA BACIA DO CEARÁ PARA A PREMIER OIL

sssA Brasco, empresa de bases de apoio offshore do Grupo Wilson Sons, firmou contrato com Premier Oil para o suporte logístico à operação de perfuração no bloco CE-M-717, localizado na Bacia do Ceará. É a primeira campanha de exploração da petrolífera britânica no Brasil e o primeiro poço da 11ª Rodada de Licitações da ANP, realizada em 2013, a ser perfurado na Margem Equatorial.

A base logística será na região de Pecém (CE), com início previsto para o primeiro semestre de 2020. A ideia é que leve os mesmos conceitos da Base da Brasco no Rio de Janeiro ( foto). A Brasco será responsável pela gestão da operação portuária e logística de suprimentos no local, recebimento e armazenamento de cargas, suprimento de água e outros consumíveis, além dos serviços de gerenciamento de resíduos e limpeza de tanques. Com experiência em operações remotas nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste, a empresa já montou bases temporárias nos portos de Belém, São Luiz, Fortaleza, Salvador e Vitória.

Gilberto Cardarelli, diretor executivo da empresa, disse que “De fato, a Brasco é a única empresa brasileira de logística offshore que vem operando bases remotas nesses últimos 20 anos. Atendemos a campanhas exploratórias da Petrobras, BP, Equinor e Total, garantindo os padrões de segurança e qualidade que nos permitiu atingir o patamar de Classe Mundial em Segurança pelos critérios da DuPont.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of