Megabanner

DIRETOR DA AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA DESTACA COMPROMISSO POLÍTICO COM A SEGURANÇA

dahfffiaO Diretor Geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Mariano Grossi, deixou um recado claro no evento realizado em Viena, na Áustria, Construindo Pontes e Facilitando o Consenso para um ÍCONES de Sucesso 2020, organizado pelo Centro de Desarmamento e Não-Proliferação de Viena:  “É vital que continuemos à frente na proteção contra o terrorismo nuclear.”  Ele prometeu aproveitar o ímpeto político observado na cooperação internacional em segurança nuclear nos últimos anos. Grossi disse também que existe  “A necessidade de cooperação internacional para se proteger contra o terrorismo nuclear é universalmente reconhecida. A AIEA é a plataforma global inclusiva para essa cooperação”.

O evento foi focado na próxima conferência ministerial da AIEA que tem a  segurança nuclear como tema em destaque. A conferência será realizada em Viena mesmo, entre os dias 10 e 14 de fevereiro. Será a terceira conferência ministerial da AIEA sobre o assunto. Ela apresentará um segmento onde os ministros farão declarações nacionais e adotarão uma declaração final. Também será apresentado um programa científico e técnico que inclui discussões políticas de alto nível sobre os temas gerais e centrais à segurança nuclear e sessões técnicas paralelas sobre questões científicas, técnicas, jurídicas e regulamentares.

Rafael Grossi disse esperar que os Estados membros da AIEA usem o evento para enfatizar seu compromisso político com a segurança nuclear. Ele observou que esta segurança agora é reconhecida como um campo importante por si só.  A cooperação internacional aumentou muito nos últimos anos, com os países fazendo uso crescente dos serviços da AIEA para ajudar a se proteger contra o terrorismo nuclear.

Desde a última conferência do ICONS em 2016, a AIEA forneceu treinamento presencial em segurança nuclear para quase sete mil pessoas, incluindo policiais e guardas de fronteira e cursos de e-learning para mais de seis mil outras autoridades. Também doou equipamentos de detecção de radiação para 33 países e forneceu conselhos práticos sobre segurança nuclear para 17 grandes eventos públicos. A AIEA também liderou 15 missões de especialistas que aconselharam os países a melhorar a segurança em instalações nucleares, hospitais e outros locais onde o material nuclear é mantido.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of