Megabanner

MARINHA ALERTA PARA PREVISÃO DE CICLONE EM ALTO-MAR NO SUDESTE DO BRASIL A PARTIR DE AMANHÃ

6053655255_fc77152f47_bA Marinha está atenta à previsão de formação de um ciclone com possíveis características subtropicais, a partir de amanhã (23), em alto-mar, entre o Norte do Rio de Janeiro e o Sul do Espírito Santo, com deslocamento inicialmente para Sul. O fenômeno pode afetar ainda as condições de tempo e mar entre os estados de Santa Catarina e Bahia, também na manhã de quinta-feira.

A situação está sendo monitorada pela Marinha do Brasil por meio de seu Centro de Hidrografia (CHM) e conta com a colaboração de outros órgãos, como o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE) e o Centro Integrado de Meteorologia Aeronáutica da Força Aérea Brasileira (CIMAER/FAB).

Com o alerta, empresas de óleo e gás que atuam nessa região estão acompanhando a situação para saber qual postura adotar, dependendo da força dos ventos. Procurada pelo Petronotícias, a Shell emitiu o seguinte comunicado: “As unidades operacionais offshore da Shell Brasil (FPSO Espírito Santo e FPSO Fluminense) estão cientes deste prognóstico e preparadas para estas condições climáticas adversas. Nestas condições, as atividades a bordo são constantemente avaliadas, sempre priorizando a segurança da tripulação e do meio ambiente”.

Também procuramos a norueguesa Equinor, que enviou a seguinte declaração: “A Equinor monitora permanentemente as condições climáticas e do mar nas regiões onde atua e tomará todas as medidas necessárias cabíveis caso se confirme esta ocorrência”.

A Ocyan, proprietária do FPSO Pioneiro de Libra junto com a Teekay, também nos enviou uma nota: “A Ocyan mantém seus ativos preparados para quaisquer eventualidades em razão de mudanças nas condições climáticas. As respectivas equipes técnica, de segurança e toda a liderança reforçam, diariamente, entre outros temas, ações de prevenção em alto-mar. A segurança é o principal valor da empresa.”

De acordo com a Marinha, os ventos podem provocar ondas de direção de Sudeste a Leste e altura entre 3,0 e 4,0 metros em alto-mar, entre o estado de Santa Catarina, ao Norte de Laguna (SC) e o estado do Rio de Janeiro, ao Sul de Arraial do Cabo (RJ), entre a manhã de quinta-feira e sábado (25). Durante esse período, também são esperadas ondas de direção de Nordeste a Norte, variando entre 3,0 e 4,0 metros de altura em alto-mar, entre o estado do Rio de Janeiro, ao Norte de Arraial do Cabo (RJ) e o estado da Bahia, ao Sul de Caravelas (BA).

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of