Megabanner

BRASIL BUSCARÁ APOIO DOS ESTADOS UNIDOS PARA AVANÇAR NA EXPLORAÇÃO DE ÓLEO E GÁS NÃO CONVENCIONAIS

Por Davi de Souza (davi@petronoticias.com.br) –

coletivaO Brasil vai buscar nos Estados Unidos uma inspiração para avançar na exploração de recursos não convencionais de óleo e gás. A informação foi revelada nesta segunda-feira (3) pelo Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que participa hoje do Primeiro Fórum de Energia Brasil-EUA, no Rio de Janeiro. Ao lado do secretário americano de energia, Dan Brouillette, Albuquerque comentou que o Brasil quer se beneficiar da exploração do shale.

O que estamos fazendo é mostrar a nossa realidade associada à realidade americana e aquilo que poderia ser aproveitado do nosso marco regulatório. Um dos pontos que estamos procurando avançar, e nos ressentimos de não ter um marco regulatório que ampare esse tipo de investimento, é o shale gas”, afirmou o ministro, durante entrevista coletiva. Albuquerque seguiu dizendo que o Brasil quer trabalhar neste tema com os Estados Unidos nesse sentido, mas sem detalhar como será a cooperação entre as duas nações. “Queremos nos beneficiar nesse tipo de produção de gás e de óleo associado a esse tipo de atividade não convencional”, completou.

O ministro explicou que a cooperação entre Brasil e EUA no setor de óleo e gás visa criar um melhor ambiente de negócios para o setor, seja ele no comércio internacional, na realização de leilões ou a fim de permitir segurança regulatória e jurídica para investidores.

Durante o fórum, os governos de Brasil e Estados Unidos estão discutindo uma agenda de cooperação conjunta não apenas em óleo e gás, mas também em energia nuclear e eletricidade/eficiência energética. No evento, conforme noticiamos mais cedo, foi assinado um Memorando de Entendimento que amplia a cooperação bilateral entre a Associação Brasileira para Desenvolvimento de Atividades Nucleares (ABDAN) e o Instituto de Energia Nuclear (NEI, na sigla em inglês). Logo depois, também foi assinada uma Carta de Intenções entre a Eletronuclear e a Westinghouse, visando a extensão da vida útil de Angra 1.

Estamos acostumados a trabalhar com planejamento. E planejamento tem que ter um acompanhamento. Isso que nos propusemos a fazer daqui pra frente. Teremos reuniões frequentes para que possamos realizar um acompanhamento em tudo que aquilo que poderá ser alcançado no setor de energia entre o Brasil e os Estados Unidos”, afirmou o ministro Albuquerque.

3
Deixe seu comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
joão batista de assis pereiraLuciano Seixas Chagas Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Luciano Seixas Chagas
Visitante
Luciano Seixas Chagas

O ministro Bento Alburqueque deveria ler conhecer mais sobre os assuntos da sua pasta, para evitar desperdício do dinheiro público via as nossas empresas. Praticamente quem ganha com o gás de folhelho nos EUA são as companhias de serviços tipo Baker, Schlumbeger, e Halliburton, etc. A maioria dos projetos lá instalados têm fluxo de caixa negativo apesar das bacias intra cratônicas estadunidenses terem evolução térmica favorável para a geração de petróleo e serem absolutamente diferentes das bacias similares brasileiras, inclusive no porte. Recomendo que o ministro assista o vídeo, no YouTube, do geólogo americano Scott Thinker do Bureau de Geologia… Read more »

joão batista de assis pereira
Visitante
joão batista de assis pereira

ESTAMOS NA RETA FINAL PARA ELEIÇÃO DO REPRESENTANTE DOS EMPREGADOS DA PETROBRAS NO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO.

Aos empregados da PETROBRAS: Não deixe de votar. Vote certo, vote no adv. Fernando Castro Sa, candidato com maior capacidade para representar a classe no CA,

Candidato: FERNANDO SA – 1912

A eleição vai até 09.02.20, basta acessar de qualquer lugar:

cael.petrobras.com. br

Segue artigos publicados pelo ADV FERNANDO CASTRO:

https://lnkd.in/ek6WZbX