Megabanner

MAIOR PRODUTOR MUNDIAL DE URÂNIO, CAZAQUISTÃO ESPERA MANTER NÍVEL DE PRODUÇÃO EM TORNO DE 23 MIL TONELADAS

Kazatomprom-uranium-production-library-pic-2019-(Kazatomprom)A Kazatomprom, do Cazaquistão, espera que sua produção de urânio para 2020 permaneça estável em comparação a 2019, consistente com sua estratégia centrada no mercado e a intenção previamente anunciada de flexionar os volumes de produção planejados até 2021. Maior produtor mundial de urânio, a empresa cobriu 23% da produção global do metal em 2018. A produção total de urânio para 2019 em uma base de 100% foi 22.808 Toneladas,  5% superior a 2018, de acordo com as operações da empresa e a atualização comercial do quarto trimestre,  encerrado em 31 de dezembro.

A Kazatomprom anunciou em dezembro de 2017 que reduziria a produção planejada de urânio em 20% ao longo de três anos a partir de janeiro de 2018. Com os acordos existentes de uso do subsolo, espera-se que a produção 2020 permaneça entre  22.750-22.800 toneladas (100% base), e 13.000 a 13.500 toneladas  (base atribuível). Sem a redução, a produção para 2020 deve ficar em torno de 28.500 toneladas (base 100%), informou a empresa. O volume de vendas do grupo para 2020 é de 15.500-16.500 toneladas.  Espera-se que as vendas que excedam a produção atribuível planejada sejam originárias principalmente de estoques, de subsidiárias da KAP sob contratos e acordos com parceiros de joint ventures e de outros terceiros. A empresa continua a atingir um nível de estoque contínuo de cerca de seis a sete meses de produção atribuível.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of