Megabanner

PESQUISA REVELA AS DEPENDÊNCIAS COMERCIAIS ENTRE AS GRANDES ECONOMIAS MUNDIAIS

DDDSSAlguns dados de uma pesquisa publicada pela “Financial Times” mostram as dependências econômicas entre os países. São números reveladores e podem traçar o perfil exato de como está a relação da balança comercial entre os países. A pesquisa revela que quase 30% das exportações que o Brasil realiza são para China. São números significativos. A parceria comercial entre brasileiros e chineses se torna cada vez mais benéfica para o nosso país. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), as exportações brasileiras para a China totalizaram US$ 66 bilhões, enquanto as importações de produtos chineses totalizaram US$ 35,5 bilhões. A China é, portanto, o principal destino das exportações dos estados brasileiros. O setor de agronegócio é, atualmente, o que possui o maior potencial de exportação do Brasil para a China. A soja, a carne de frango e a bovina, o açúcar bruto, a celulose, o café e o farelo de soja lideram a lista dos itens com maior demanda. Este ano, o coronavírus certamente vai impactar esses números. Mas se você pensa que 29%  é uma dependência, veja os números do México e do Canadá em relação aos Estados DWWDDUnidos: 80% das exportações do México são para os americanos. Os canadenses dependem 78 %.

Vejam agora a relação comercial e as balanças entre os países:

  • México para os Estados Unidos  – 80 %
  • Canadá para os Estados Unidos – 78%
  • Reino Unido para a União Europeia- 42%
  • Rússia para União Europeia ( excluindo o Reino Unido) – 41 %
  • Austrália para a China – 39%
  • Brasil para a China – 29 %
  • Japão para os Estados Unidos – 20 %
  • Japão para a China – 19 %
  • Estados Unidos  para o Canadá –  18 %
  • União Europeia (Excluindo Reino Unido) para os Estados Unidos – 18%
  • China para os Estados Unidos – 17%
  • Índia para os Estados Unidos – 16%
  • Indonésia para a China – 17%
  • Estados Unidos para a União Europeia(excluindo Reino Unido) – 17 %
  • Estados Unidos para o México – 17%
  • Brasil para União Europeia (excluindo Reino Unido) – 17 %
  • Reino Unido para os Estados Unidos – 16 %
  • União Europeia para o Reino Unido – 16 %

BHBHB

Essa também é uma boa oportunidade para se ver a lista dos 20 maiores exportadores internacionais:

1º – China –  US$ 2,48  Trilhões;

2º – Estados Unidos – US$  1,66 Trilhão;

3º- Alemanha – US$ 1,56 Trilhão;

4º Japão – US$  738,14 Bilhões;

5º Holanda – US$ 723,75 Bilhões;

6º Coréia do Sul – US$ 604,86 Bilhões;

7º França – US$ 581,87 bilhões;

8º – Hong Kong – US$ 568,45 Bilhões;

9º Itália – US$ 546,64 Bilhões;

10º Reino Unido- US$ 486,85 Bilhões;

11º Bélgica – US$ 466,72 Bilhões;

12º México – US$ 450,69 Bilhões;

13º Canadá – US$ 450,59 Bilhões;

14º Rússia – US$ 443,13 Bilhões;

15º Singapura – US$ 412,95 Bilhões;

16º Taipe -US$ 345,17 Bilhões;

17º Índia – US$  324,78 Bilhões;

19º Emirados Árabes Unidos – US$ 316,9 Bilhões;

20 º Suíça  – US$ 310,75 Bilhões

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of