Megabanner

MÉTODO FECHA CONTRATO COM ENEVA E CONSTRUIRÁ UNIDADE DE LIQUEFAÇÃO NO CAMPO DE AZULÃO

0A Método Potencial garantiu mais um importante contrato para sua carteira de negócios. A empresa foi escolhida pela Eneva para construir a unidade de liquefação de gás natural do Campo de Azulão, localizado entre os municípios de Silves e Itapiranga, no estado do Amazonas.

O projeto está em fase de mobilização e as obras devem ser concluídas no primeiro trimestre de 2021. “Enfrentaremos situações desafiadoras neste projeto. Além das questões técnicas, a região amazônica impõe dificuldades logísticas, com condições meteorológicas adversas”, afirmou o Diretor Executivo da Unidade de Negócios de Construção e Montagens Industriais da Método, Joel Peito.

O executivo disse ainda que conquista do projeto com a Eneva vai contribuir para a consolidação da posição da Método no mercado. A Unidade Industrial da empresa é responsável por grande parte dos negócios do grupo e vem experimentando um crescimento nos últimos anos. De acordo com a companhia, essa escalada é puxada pelos negócios de Óleo & Gás, bem como em Energia, Indústria de Transformação, Portos e Infraestrutura, que totalizam hoje mais de 420 contratos.

No ano passado, a Método fechou 20 novos contratos, ficando ainda mais os pés no cenário de projetos de engenharia no segmento de O&G. Como se sabe, a empresa também atua em joint-venture com a Shandong Kerui mas obras da Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) do Comperj, no Rio de Janeiro, maior obra de engenharia do setor de petróleo e gás em andamento no país.

A produção de gás de Azulão será transportada para Boa Vista (RR), onde será instalada a usina termoelétrica (UTE) Jaguatirica II. A planta, que também pertence à Eneva, fornecerá energia para o estado.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of