Megabanner

ANP MANIFESTA PREOCUPAÇÃO COM O ABASTECIMENTO POR CONTA DA GREVE DOS PETROLEIROS

unnamedA Agência Nacional do Petróleo (ANP) está de olho vivo na situação do abastecimento de combustíveis no país por conta da greve dos petroleiros, que já dura quase duas semanas. O diretor-geral do órgão, Décio Oddone, enviou uma carta ao ministro do Tribunal  Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra Martins Filho, onde manifestou “a preocupação da ANP com os possíveis impactos negativos da greve dos empregados da Petrobrás”.

Oddone escreveu que embora a estatal tenha alocado equipes de contingência para atuar em refinarias e demais unidades operacionais, “a situação foge da normalidade, ao que, infelizmente, tal solução não se sustentará ao longo do tempo”. O temor do diretor é que a greve cause impactos na produção de derivados em função da redução de carga ou até mesmo pela parada total das refinarias.

Ontem, o Petronotícias destacou uma decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, onde a Petrobrás apontou que várias de suas refinarias ficaram com efetivo zero durante alguns dias da greve. O STF emitiu uma decisão liminar exigindo que os grevistas mantenham um efetivo mínimo de 90% nas plantas.

A ANP avalia que não há informações e indicativos do fim da greve e “caso não haja uma composição breve, toda a cadeia poderá ser afetada”.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of