Megabanner

CUMMINS CRESCE SUA PRESENÇA NO BRASIL E ENXERGA BOAS OPORTUNIDADES EM ÓLEO E GÁS

Por Davi de Souza (davi@petronoticias.com.br) –

Aline De Freitas BarrosA Cummins, fabricante americana de motores e geradores, tem experimentando um aumento de participação no mercado brasileiro nos últimos anos. De acordo com a responsável pelo departamento de Vendas de Motores e Geradores da Distribuidora Cummins Brasil, Aline de Freitas Barros, a companhia saiu de uma fatia de 10% de market share em 2015, no segmento de ônibus, para 25% no ano passado. Nesse mesmo período, a empresa viu seu negócio de geradores no país crescer de 15% para 45%. Especificamente para o setor de óleo e gás, a Cummins enxerga boas possibilidades. “O pré-sal tem um grande potencial no Brasil e o mercado de gás apresenta muitas oportunidades”, afirmou Aline. “Mas ao mesmo tempo muitos desafios também. Apesar das transformações que estão acontecendo neste setor, existem muitos gargalos que precisam ser tratados”, completou.

Como tem sido a atuação da empresa para o setor de óleo e gás?

A Cummins tem elevado a sua participação no segmento de óleo e gás, buscando sempre a ampliação do escopo em atendimento às mais diversas necessidades do setor.

Disponibilizamos uma linha completa de produtos Cummins incluindo motores (a diesel e a gás, de quatro tempos, com capacidade entre 1,4 a 95 litros para diesel e 5,9 a 91 litros para gás), grupos geradores de energia, geradores portáteis Onan, filtros e soluções em emissões. Toda a gama de produtos da Cummins atende às mais rigorosas normas de controle de emissões, vigentes no País.

Além disso, a Cummins possui estrutura completa de pós vendas, com cobertura em todo território nacional, incluindo profissionais capacitados e estoque estratégico de peças sobressalentes.

A Cummins está desenvolvendo ou lançou recentemente novos produtos para o setor de óleo e gás?

Estamos sempre desenvolvendo novos produtos para contribuir com o sucesso de nossos clientes. O papel dos Distribuidores Cummins é oferecer soluções para todas as regiões, com o objetivo de atender às demandas do setor de óleo e gás.

Desta forma, oferecemos ao mercado, produtos específicos para unidades de perfuração, serviços em poços, compressão de gás, unidades de potência e produtos personalizados por meio da nossa rede de distribuidores.

Quais as perspectivas para o setor de óleo e gás?

Existe uma boa perspectiva para o setor de óleo e gás. Com a Petrobrás inserindo novas plataformas em operação, visualizamos um certo movimento neste mercado. Porém, consideramos ainda tímida essa movimentação, longe do patamar que vimos há quatro anos; mas trata-se de um recomeço, com empresas em busca de novas oportunidades.

Estamos sempre atentos às novas tendências, oportunidades e continuaremos trabalhando junto aos principais players, a fim de obtermos êxito em todos o projetos. A expectativa do mercado de motores no Brasil é positiva para 2020 / 2021.

O pré-sal tem um grande potencial no Brasil e o mercado de gás apresenta muitas oportunidades, mas ao mesmo tempo muitos desafios também. Apesar das transformações que estão acontecendo neste setor, existem muitos gargalos que precisam ser tratados: grande oferta de gás no país X projetos de importação, preço do gás no país, necessidade de novas rotas e unidades de processamento de gás, transporte, distribuição, etc.

A Cummins acredita, possui grande portfólio de produtos e serviços disponíveis no Brasil. Estamos preparados para atender esse mercado.

Poderia nos apresentar um resumo sobre como tem sido o volume de negócios da empresa no Brasil ao longo dos últimos anos?

A Cummins completou 100 anos em 2019. Chegou até aqui graças a sua estrutura e cultura, baseadas em valores sólidos. Somos uma empresa que inova e está constantemente se modernizando.

O segmento de energia posicionou a Cummins num patamar de liderança. Além disso, continuamos com forte atuação nos mercados automotivos, industrial, dentre outros.

A Cummins saltou de 10% de participação em 2015 no mercado brasileiro de ônibus, para 25% em 2019. Outro bom exemplo é o crescimento em geradores, de 15% em 2015 para 45% em 2019; hoje a Cummins é líder no segmento de geração de energia no Brasil.

Você poderia compartilhar conosco alguma previsão de crescimento para empresa para este ano?

Para 2020, esperamos um aumento de produção e vendas, um mercado mais forte, robusto e confiante. A Cummins vai acompanhar o crescimento de caminhões previsto entre 10 e 15%. E há boas perspectivas nos demais mercados também.

Em relação a investimentos para 2020? Pode citar quanto a empresa pretende investir?

A Cummins sempre acreditou no Brasil. Os investimentos na unidade giram ao redor dos R$ 50 milhões por ano e continuarão em 2020, para o desenvolvimento de novas tecnologias, avanços em manufatura, melhoria da qualidade dos produtos e serviços, etc.

Qual será a estratégia da empresa para conquistar novos negócios no mercado brasileiro?

Para a Cummins, o Brasil é um mercado estratégico, com alto potencial. Dedicamos nossos esforços para ganhar eficiência, manter e crescer em marketshare e continuar trabalhando para o desenvolvimento de pessoas. Trabalhamos constantemente para aperfeiçoar nossos produtos, oferecendo aos nossos clientes baixo custo de operação e aumento de produtividade.

1
Deixe seu comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] LEIA A ENTREVISTA COMPLETA NO NOSSO SITE. […]