PAULO DALMAZZO DEIXA ANDRADE GUTIERREZ PARA TIRAR JARAGUÁ DA CRISE FINANCEIRA

A Jaraguá Equipamentos Industriais aposta na experiência do engenheiro Paulo Roberto Dalmazzo para tirar a empresa da crise que está atravessando. Dalmazzo tem 39 anos e é formado pela Universidade Mackenzie, em São Paulo, com mestrado na Universidade de Washington e mestrado em gestão empresarial na FGV. Foi CEO da Bric Brazilian Intermodal Complex e estava dirigindo a Andrade Gutierrez Óleo&Gás.

A Jaraguá está em fase de grande reformulação e enfrenta uma séria crise financeira em suas operações. Recentemente enfrentou e superou um pedido de falência requerido pela Gerdau Aços Longos na Sexta Vara de Sorocaba (SP), mas ainda precisa vencer centenas de protestos de inúmeros fornecedores em diversos cartórios do país.

O empresário Álvaro Garcia, que comprou o controle da empresa no ano 2000, assumiu a presidência da Jaraguá e demitiu quase todos os executivos que estavam à frente das operações. Há inúmeras razões para a empresa ter chegado a este ponto, mas duas delas são as mais importantes: a mudança de seu negócio principal, que é produzir equipamentos especiais, dando prioridade para obras de engenharia; e o represamento dos pagamentos dos pleitos feitos nessas obras para o cliente Petrobrás.

Atualmente, a Jaraguá está atuando nos seguintes projetos para a Petrobrás: RNEST – EPC dos fornos petroquímicos UDA, HDT, UGH e UCR; COMPERJ – Tancagem, interligação destes tanques e subestações; PB Distribuidora – com a fabricação e montagem de tanques. Além desses projetos, a Jaraguá está fabricando e fornecendo diversos equipamentos para plataformas e outras refinarias como a REPLAN, REVAP, REFAP E REGAP. Também estão fabricando os módulos de remoção de CO² para as plataformas da cessão onerosa P74, P75, P76 e P77.

“A Jaraguá atua em vários outros setores e temos contratos em andamento nas áreas de Papel e Celulose, Mineração e Nuclear”, afirmou a empresa em entrevista recente ao Petronotícias.

106
Deixe seu comentário

avatar
100 Comment threads
6 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
69 Comment authors
Cachorro locomaurícioandersonItapeviInjustiçados Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Renato Rodrigues
Visitante
Renato Rodrigues

Uma pena ver uma das mais importantes fabricas do Brasil passar novamente por dificuldades e o mais interessante, pelos mesmos problemas ocorridos na ocasião que a Jaraguá ainda pertencia aos Alemães, quando desviaram o foco de fabricantes para prestadores de serviços de montagem e EPCs.

marcelo
Visitante
marcelo

Paulo Roberto Dalmazzo vamos levantar a Jaraguá.
Reestruturação, tirando as laranjas podres.

Rogerio
Visitante
Rogerio

Reestruturação, acabar com o nepotismo e o poder em mãos erradas.

nilda
Visitante
nilda

Tem gente mamando na teta da jaragua reestruturação imediatamente!comecando pela gestão de pessoas e rh.

rafael
Visitante
rafael

Mais alguma informação sobre a crise..?
como anda os projetos e procedimentos para tirar a jaragua da crise ?

Anonimo
Visitante
Anonimo

A crise continua, e ao invés de melhorar com a nova diretoria estamos piorando, porque agora se instalou a pressão psicológica com a falta de dinheiro. Vale atrasado, 2 meses sem cesta básica, e nem satisfação sobre isso. E ainda teremos que trabalhar dia 24 e 31 até as 12h. Ou estão querendo testar nossos limites e ver quem vai pedir demissão, ou teremos dias de tirania. Só por Deus.

thirdone
Visitante
thirdone

A Engenharia parece um órgão público. Burocracia aos montes. Existe uma tal de GRID, para passar documentos de um setor para outro, que necessita de assinatura de gerente (absurdo, bastaria um e-mail). Os prazos são apenas um detalhe, ninguém tá nem aí. Equipes mal dimensionadas (Suprimentos com 2 pessoas apenas) e gerentes despreparados e inexperientes. Não existe disciplina de Mecânica (numa empresa mecânica?) A instrumentação tem 15 pessoas (para quê?). A Jaraguá precisa ser passada a limpo antes que quebre de vez.

nilda
Visitante
nilda

O que a jaragua vem fazendo é ridículo cortar cesta básica é melhor fechar. Alem do mal salário pago ainda querem tirar a cesta basica o qual ja esta atrasada desde novembro. Alem do mais nao entregaram a cesta básica de natal este ano. Me desculpe. Mas cortar cestas não é reduzir custos. É desmotivar funcionarios. Isso só tem um objetivo. A jaragua precisa demitir mas nao tem dinheiro para isso. Ai fica fazendo jogo para os funcionários pedirem demissão.

allen
Visitante
allen

Graças a nossa paralisação de hoje voltaram atrás continuaram fornecendo cestas para nós funcionarios.

alien
Visitante
alien

Risco de Greve na Jaraguá – Itapevi. Motivo:
Cancelamento da cesta básica. Tudo isso por causa de pessoas que não sabem passar informações escritas.Qualquer palavra mal colocada pode ser mal interpretada.

Frank Iron
Visitante
Frank Iron

Jaragua Equipamentos Industriais. Há um forte indício de que essa “reestruturação” anunciada com firmeza pela nova gestão, seja nada menos do que a preparação para uma aquisição de parte da Jaraguá por outra Empresa. Foi anunciado que devemos cerca de 500 Milhões de Reais, qual obra hoje no Brasil, chega perto de um lucro nesse valor ? Nenhuma. E não conseguem fechar nem obras pequenas, imaginem obras de um porte da Rnest, COMPERJ, que foram os maiores motivos desta decadência financeira da Jaraguá !? Esta empresa não tem RH, este setor que é (ou ao menos deveria ser) o mais… Read more »