Megabanner

POLÍCIA FEDERAL CUMPRE NOVOS MANDADOS DE PRISÃO DA OPERAÇÃO LAVA JATO

Dario Queiroz GalvãoA sexta-feira (27) começou com mais uma manhã de ações da Polícia Federal, incluindo o cumprimento de dois novos mandados de prisão preventiva e um de busca e apreensão relacionados à Operação Lava Jato. Antes das 8h, os investigadores já haviam prendido Dário Queiroz Galvão (foto), presidente do conselho da Galvão Engenharia, e Guilherme Esteves, representante da Jurong e apontado pela polícia como operador do esquema de corrupção na Petrobrás.

Os presos serão levados para a custódia da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal. Na quinta-feira (26), o empresário Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, foi transferido para o Complexo Médico-Penal do Paraná. Sua transferência fez parte da decisão do Juiz Sergio Moro de realocar 12 presos da carceragem da Polícia Federal para a penitenciária.

A Galvão Engenharia é uma das empreiteiras investigadas pela Lava Jato no esquema de corrupção da Petrobrás, e passa por uma situação extremamente complicada. Na quarta-feira, a companhia entrou com pedido de recuperação judicial, alegando prejuízos da ordem de R$ 1 bilhão em contratos com a estatal, principalmente em função da obra da Unidade de Fertilizantes em Três Lagoas (MS).

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of