Megabanner

RICARDO PESSOA, DONO DA UTC, DEVERÁ DEPOR NA CPI DA PETROBRÁS

Ricardo Pessoa, presidente da UTCO dono da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa (foto), deverá depor ainda esta semana na CPI da Petrobrás. O executivo, considerado o chefe do “clube das empreiteiras”, é um dos investigados na Operação Lava-Jato por envolvimento em esquemas de propina e fraudes em contratos firmados com a estatal, e teve seu acordo de delação premiada homologado pelo Supremo Tribunal Federal na última semana. O presidente da CPI, Hugo Motta (PMDB-PB), enviará ofício ao juiz Sergio Moro pedindo autorização para o depoimento de Pessoa.

O objetivo da convocação, acertada por Motta entre os partidos de base e de oposição, é manter a figura do executivo sob os holofotes, aproveitando o impacto que suas afirmações recentes vêm gerando no meio político. Nos depoimentos já prestados à Polícia Federal, Pessoa citou ao menos seis parlamentares, entre ele o ex-ministro de Minas e Energia e atual senador Edison Lobão (PMDB-MA), suspeito de ter solicitado repasses para o financiamento da campanha da ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney.

A CPI realizará ainda acareações entre Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef, Pedro Barusco e Renato Duque, e Barusco e João Vaccari Neto. Todos eles estão atualmente presos na Carceragem da Polícia Federal em Curitiba, e deverão ser conduzidos a Brasília para depor na Câmara dos Deputados.

Líder de outra empreiteira investigada na operação, Marcelo Odebrecht, preso desde o dia 19 de junho, teve seu pedido de habeas corpus negado nesta semana pelo Tribunal Regional da 4ª Região. A decisão foi tomada sob a alegação de que há provas e indícios de autoria suficientes para justificar a manutenção de sua prisão preventiva.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of