Megabanner

A ERA DO RECOMEÇO

editorialA Operação Lava Jato trouxe muita coisa positiva para o país. Através dela foi possível conhecer com provas uma realidade que todos já sabiam. A origem de toda trama foi a desonestidade de um grupo de políticos que não acreditava que a mão da justiça pudesse alcançá-los. Muitos deles acima de qualquer suspeita. Alguns empresários e agentes públicos em cargos de confiança foram seduzidos pelo lucro fácil. Hoje, envergonhados, amargam a exposição de seus nomes e de suas famílias como homens sem caráter. Alguns, condenados e presos.

O Brasil jamais se esquecerá desta fase em sua história, que só foi possível desvendar graças a abnegados profissionais do Ministério Público, da Polícia Federal e ao emblemático juiz Sérgio Moro. Lutar contra poderosos requer virtudes que hoje estão escassas na vida do país, como o caráter, a determinação e a coragem. E também o apoio de uma população consciente e uma imprensa livre e consistente.

Mas nem tudo são flores em episódios desta natureza. O país foi virado ao avesso. As consequências para nossa economia foram terríveis. Aqueles que detêm o poder não admitem perdê-lo e os que vivem dele como parasitas fazem de tudo para manter o status quo. Até ameaçam pegar em armas.

Todo esse escândalo já está mudando a forma de se fazer negócios no Brasil. Pelo menos no campo em que as empresas de engenharia envolvidas estiverem presentes. Os empresários aprenderam a lição e estão pagando caro por isso. Está na hora de o Ministério Público, a Polícia Federal e a Justiça concentrarem suas investigações na quadrilha de políticos que assaltaram a Petrobrás. Agora, é hora de combatê-los. Será uma batalha árdua e desgastante. Mas é preciso enfrentá-la.

Ao mesmo tempo é preciso voltar à normalidade nos negócios. Colocarmos a nossa economia nos trilhos novamente. Fazer o setor de petróleo&gás voltar a ter o seu espaço de destaque. Milhares de pessoas, talvez milhões, já perderam seus empregos em função da crise que se estabeleceu no país. Foram paralisadas muitas obras. Centenas de empresas ficaram sem receber por seus produtos ou serviços. A maior parte delas nem consegue pagar as indenizações aos ex-funcionários. O cenário atual é de caos. Demissões, dificuldades no recebimento e restrições ao crédito. A economia não anda. O país está parado à espera de um milagre. Um milagre que só a união será capaz de transformar em realidade.

Ao tirar o foco das empresas, a força tarefa da Operação Lava Jato poderá fazer brotar a confiança novamente e, com ela, os novos negócios  podem reaparecer. A Petrobrás já está melhor estruturada. E há que se reconhecer que o trabalho comandado pelo seu novo presidente, Aldemir Bendine, já está proporcionando um controle melhor das operações da empresa. Gera mais confiança com o respaldo de uma ouvidoria mais forte e mais eficiente, dando respostas mais rápidas e interessadas a qualquer denúncia que apareça. As nomeações deixaram de ser políticas e, hoje, atendem ao critério técnico, de competência.

É preciso também que as empresas suspensas preventivamente recebam votos de confiança, que possam ser recadastradas, trazendo os empregos de volta. A Petrobrás precisa delas e elas da Petrobrás. É preciso retomar o convívio, de forma respeitosa e ética, sem ressentimentos e sem arrogância, de maneira profissional. É imprescindível que o recadastramento que está sendo organizado para novas e antigas empresas seja feito de maneira menos burocratizada. Isso ainda não mudou. Quando se criam muitas dificuldades, há margem também para se venderem facilidades, como era no passado recente.

As punições já foram estabelecidas do ponto de vista da justiça. E a economia precisa seguir o seu curso. O país precisa voltar a produzir, gerar riquezas e trazer nova esperança para todos. Este pontapé inicial precisa ser dado. E a Petrobrás pode fazer isso.

9
Deixe seu comentário

avatar
9 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors
Matiascesar ferreira ramosMarcus MeurerBernardinoPedro Jara A Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Biffy
Visitante
Biffy

Vergonha, essa é a palavra de ordem que nosso empresariado nunca teve. Desde as denúncias de Roberto campos, contra a governança de Joel Renno. No final há o perdão.

Bernardino
Visitante
Bernardino

Eu acredito que o governo pode e deve, tomar o rumo da energia, porque já temos várias plantas de termoeléctrica a gás, a Usina de Angra 3, que já temos o potencial de engenharia prontas. Isso se faz de uma solução de 30 dias para gerar milhares de empregos. A Petrobras também pode gerar milhares de empregos com o término da RENEST em Pernambuco e COMPERJ no Rio, fazendo parceria privada. As sondas já passava direto para iniciativa privada, com novos lotes de exploração do pre-sal. Um acordo que pode incluir no pacote a o obrigatoriedade da construção em nossos… Read more »

Andreia
Visitante
Andreia

A Operação Lava Jato é uma vergonha para o nosso país! Não há um dia sequer que ela está em nossas vidas com tanta gente envolvida e delongas nas decisões e quanto mais mexe pior! Ela só existe por conta dessa corrupção e ainda vai existir porque alimenta a mídia!

MM
Visitante
MM

Ótimo artigo. Precisamos pensar além do mar de lama que está a nossa frente.

Entretanto é preciso vasculhar mais, pois sabemos de muitos desvios de conduta ainda não revelados. Está sendo mostrada a corrupção em níveis elevados. Há de se combater a corrupção em níveis menores, tão prejudiciais principalmente às pequenas empresas.

Pedro Jara A
Visitante
Pedro Jara A

Interessante a reportagem, pelo fato das leis atuais serem muito recentes N° 12850/de 02 de agosto de 2013 que define claramente ORGANIZAÇÂO CRIMINOSA que esta sendo aplicada no Paraná assim como a Lei 12846 de 01 de agosto de 2013 que “dispõe sobre a responsabilização objetiva administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra administração pública nacional ou estrangeira” que fazem parte desta operação. Quando a lado ativo e passivo desta relação jurídica estão recebendo vantagens econômicas ilícitas, estão cometendo um crime contra a sociedade. Existe um projeto de lei que deveria ser aprovado referente ao lobby,… Read more »

Bernardino
Visitante
Bernardino

O Editorial do Petronoticias muito bem escrito e oportuno, mostra aos seus eleitores a preocupação com a impotência neste momento da união. Porém não podemos esquecer que temos na contra mão a CUT, a UNE, o estranho PSOL mais meia dúzias de partidos sem uma ideologia e unidade partidária. Falando em democracia, logo vem o respeito a maioria. Nossa Presidente foi eleita, claro, com a maioria dos fotos. Porém não soube sustentar essa mania, e agora se sustenta no poder com menos de 10% do povo. Um democrata de verdade já tinha entregue o poder, quanto mais sabendo que sua… Read more »

Marcus Meurer
Visitante
Marcus Meurer

Mais uma vez tenta-se atribuir a operação Lava Jato, a responsabilidade de travar ” os negócios” e a economia.
A operação Lava Jato, só fez abrir a tampa da fossa.
De resto, todos nós somos responsáveis.

Marcus

cesar ferreira ramos
Visitante
cesar ferreira ramos

esse editorial foi primeiro q vi na petro fico muito feliz ajuda e muito pais esclarece para o sindicato dos petroleiros q e grupo aliados do pt e nao atacar um senador da oposicao q pediu pra ver o seu projeto q li nao tem nada entregar o pre sal a petrobras nao seria obrigada a participar de os blocos sem caixa vai comecar explorar so daqui a 30 anos ou mais sem tecnologia pra extrair oleo e gas a mais de 6000 metros profundidade e inviavel

Matias
Visitante
Matias

Investiguem, prendam, mas não travem a economia e nem desempreguem quem não compactua com a corrupção. Como sempre, quem paga com o desgoverno é o trabalhador e quem julga não se importa com a sociedade trabalhadora!