Megabanner

PETROBRÁS APRESENTA PROPOSTA PARA REDUÇÃO DE SALÁRIOS EM TROCA DE MENORES JORNADAS

PETROBRASA busca por menores custos dentro da Petrobrás chegou, por fim, aos salários de funcionários da empresa. Em negociações com sindicalistas nesta semana, a estatal propôs uma redução de 25% na remuneração de empregados do setor administrativo, mudança que seria acompanhada de uma diminuição nas jornadas de trabalho. Com a medida proposta, a companhia permitiria aos trabalhadores que optassem ou não pela redução de forma individual, sendo a escolha sujeita então à aprovação de seu superior imediato. O corte abrangeria também as horas extras pagas em fins de semana, que pela proposta apresentada cairiam de 100% para 80% do salário.

A medida não foi bem recebida pelos petroleiros, que seguem planejando os passos de uma greve geral na empresa. Nesta sexta-feira (11), a Federação Única dos Petroleiros (FUP) realizará uma reunião no Rio de Janeiro com o objetivo de debater estratégias para a concretização de uma greve nacional, que parece perto de eclodir.

Frente aos cortes de gastos da companhia e à política de desinvestimentos apresentada com o novo plano de negócios, a mobilização dos trabalhadores não tem sido pequena. O indicativo de greve segue aceso e pode em breve consolidar o movimento, cujo início já foi adiado duas vezes.

2
Deixe seu comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Assis Pereira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Assis Pereira
Visitante
Assis Pereira

Qual o motivo da Petrobras colocar na mesa de negociação uma proposta para redução de salários em troca de menores jornadas, quando continua dependendo recursos bilionários com a intensa contratação de empregados terceirizados de forma precária e ilegal como por exemplo, a contratação da Hope RH, através do Serviço Compartilhado para as Regionais Baia de Guanabara e Bacia de Campos. Em nenhum momento da negociação a Direção da Estatal se dispôs a cortar custos operacionais desnecessários, proveniente da terceirização desenfreada que vem implementando na gestão de RH por força do aparelhamento político, a exemplo do Contrato que celebrou com a… Read more »

Assis Pereira
Visitante
Assis Pereira

PROPOSTA INDECOROSA: Qual o motivo da Petrobras colocar na mesa de negociação uma proposta para redução de salários em troca de menores jornadas, quando continua dispendendo recursos bilionários com a intensa contratação de empregados terceirizados de forma precária e ilegal como por exemplo o que celebrou com a Hope RH através do Serviço Compartilhado para as Regionais Baia de Guanabara e Bacia de Campos Em nenhum momento da negociação a Direção da Estatal se dispôs a cortar custos operacionais desnecessários, proveniente da terceirização desenfreada que vem implementando na gestão de RH por força do aparelhamento político, a exemplo do Contrato… Read more »