RICARDO PESSOA AFIRMA TER FEITO DOAÇÕES ILEGAIS A ALOYSIO NUNES E MERCADANTE

pessoaA delação premiada de Ricardo Pessoa (foto), dono da UTC, vem trazendo acusações de peso contra políticos. Apontado como líder do cartel de empreiteiras que atuava na Petrobrás, o executivo afirmou recentemente ter acertado doações ilícitas junto ao ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, para sua campanha ao governo de São Paulo em 2010. Segundo Pessoa, foram negociados R$ 500 mil em reunião na casa do ministro, sendo R$ 250 mil por meio de doação oficial da construtora e a outra metade em espécie. No depoimento do executivo constam também doações ao senador Aloysio Nunes (PSDB), que teria recebido a mesma quantia para sua campanha ao Senado, sendo R$ 300 mil por repasses oficiais e R$ 200 mil em espécie.

O repasse teria sido pedido pelo presidente do PT em São Paulo, Emídio de Souza, que também participou da reunião. De acordo com o depoimento de Pessoa, Mercadante estava presente no pedido de doação mas não fez comentários. Além dele estava o presidente da Constran, João Santana. O acerto feito com Emídio, diz o executivo, estabelecia que parte do dinheiro sairia do caixa dois da empreiteira.

O ministro Mercadante nega envolvimento com quaisquer repasses ilícitos feitos pela UTC para sua campanha. Segundo ele, o encontro não tratou de valores, que só seriam debatidos posteriormente para doação oficial com sua coordenação de campanha. O valor de R$ 500 mil teria sido registrado como contribuição oficial, segundo o ministro, o que invalidaria a tese de caixa dois. O montante teria ainda sido doado em duas parcelas iguais, segundo as regras apontadas na legislação eleitoral brasileira.

A negociação com Aloysio Nunes, por sua vez, teria ocorrido no escritório político do senador em São Paulo, segundo Pessoa. O pagamento efetuado pelo empreiteiro seria de caixa dois proveniente da UTC. O político nega o recebimento de dinheiro ilícito, alegando que buscou apenas o presidente da Constran para firmar doações legais.

Além da delação, Pessoa irá prestar depoimento à Justiça Eleitoral nesta sexta-feira (18), em processo iniciado pelo PSDB que pede a cassação da presidente da República, Dilma Rousseff, e de seu vice, Michel Temer. A ação foi apresentada pelo partido em dezembro do último ano, dois meses após a corrida presidencial que reelegeu Dilma.

Deixe seu comentário

1 Comentário em "RICARDO PESSOA AFIRMA TER FEITO DOAÇÕES ILEGAIS A ALOYSIO NUNES E MERCADANTE"

avatar
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Manuel Audaz
Visitante

Mercadante o Mercador andante,
Andando sobre sofismas,
Disfarça seus passos e palavras em discursos e defesas opacas.
Mercadante O Andante,
Transita pelos corredores tortuosos dos palácios…
Cabe-lhe bem um fosso ou um calabouço.
Mercadante, O Mercador Andante…