Megabanner

PETROBRÁS DECLARA COMERCIALIDADE DE SÉPIA LESTE, NO PRÉ-SAL DA BACIA DE SANTOS

plataformaUm novo campo no pré-sal brasileiro. A Petrobrás entregou na última quinta-feira (12) à Agência Nacional do Petróleo (ANP) a Declaração de Comercialidade de acumulação de petróleo na parte noroeste do Plano de Avaliação da Descoberta (PAD) de Júpiter – Bloco BM-S-24, no pré-sal da Bacia de Santos. Sépia Leste foi o nome sugerido pela estatal para o novo campo, que tem volume recuperável total estimado de 130 milhões de barris de óleo equivalente (boe).

O campo de Sépia Leste está localizado a 250 km da costa do estado do Rio de Janeiro e em profundidade d’água de 2.165 metros. Durante a atividade exploratória foi constatada a extensão da acumulação do campo de Sépia (Cessão Onerosa) para a área de Sépia Leste, caracterizando uma mesma jazida de petróleo.

O consórcio responsável pela área é formado pela Petrobrás (80%) e Petrogal Brasil (20%) e está discutindo uma unitização da jazida composta pelos campos de Sépia e de Sépia Leste, por meio de um Acordo de Individualização da Produção (AIP). Se aprovada, a unitização permitirá que a produção da nova descoberta utilize o mesmo sistema de Sépia, que entrará em operação em 2019.

O campo de Sépia foi declarado comercialmente viável pela Petrobras em setembro de 2014 e apresenta reservatórios de excelentes características de porosidade e permeabilidade, com óleo de boa qualidade (26º API).

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of