Megabanner

PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS DESENVOLVIDOS PELA ELETRONUCLEAR EM ANGRA SÃO PAUTA DE SEMINÁRIO NA UFRJ

Paulo Gonçalves, coordenador de responsabilidade socioambiental e comunicação da Eletronuclear O Instituto de Engenharia Nuclear- IEN, na lha do Fundão (RJ), recebeu na última terça-feira (17) o seminário “VoCNEN sabia: conhecendo o nuclear”, que contou com a presença do coordenador de Responsabilidade Socioambiental e Comunicação da Eletronuclear, Paulo Gonçalves (foto). O executivo apresentou a palestra “Há benefícios socioambientais na implantação de uma usina nuclear?” para uma plateia de alunos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e servidores da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN).

Durante sua apresentação, o coordenador da estatal mostrou os projetos que a companhia vem apoiando no entorno das usinas nucleares de Angra dos Reis, seguindo as especificações do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), para garantir a licença ambiental da Usina Angra 3.

“Temos 44 convênios com as prefeituras de Angra dos Reis, Paraty e Rio Claro, pelos quais já investimos R$ 143 milhões nas áreas de meio ambiente, defesa civil, ação social, educação, serviços públicos, saúde, saneamento e cultura”, explicou Paulo Gonçalves.

Entre os principais projetos desenvolvidos pela Eletronuclear está um hospital de referência em uma das vilas residenciais de funcionários, que foi modernizado e recebeu aparelhamento da estatal, além de outras unidades de atendimento da região que também vêm recebendo apoio.

“Investimos R$ 52 milhões por ano no Hospital de Praia Brava. Outros R$ 50 milhões já foram destinados à Santa Casa de Angra e ao Hospital da Japuíba, localizado próximo à BR-101”, concluiu.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of