ASSEMBLÉIA DE SÓCIOS DA SETE BRASIL DEFINIRÁ POSSIBILIDADE DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL

sondas sete brasilOs olhares de toda a indústria de naval e de petróleo se voltarão para o Rio de Janeiro no próximo dia 21, quando está marcada a Assembléia Geral Extraordinária dos acionistas da Sete Brasil. A empresa, criada para gerenciar sondas de perfuração para a Petrobrás, se encontra em situação financeira complicada e há uma grande possibilidade de que entre com um pedido de recuperação judicial.

A empresa e a estatal não conseguem chegar a um acordo quanto ao número de sondas que serão construídas, vital para manutenção de suas atividades. O caixa da Sete Brasil está próximo de acabar e o pedido de recuperação judicial é visto como uma maneira de manter as negociações com amparo legal para todos os envolvidos.

A Petrobrás havia encomendado originalmente 28 sondas, mas a situação da companhia não é mais a mesma, e hoje ela pretende contratar apenas sete desses equipamentos. No meio da discussão entre Petrobrás e Sete Brasil, os estaleiros contratados também tentam garantir o seu lado, já que foram feitos investimentos em pessoal e maquinário para receber as encomendas programadas. Os credores se acumulam e todos querem garantir o retorno do dinheiro empregado.

O interesse nas questões relativas à Sete Brasil atingem muitas pessoas, dado sua composição, com sócios privados como o BTG Pactual, Santander, Bradesco, Petros, Previ, Funcef, entre outros.

Deixe seu comentário

1 Comentário em "ASSEMBLÉIA DE SÓCIOS DA SETE BRASIL DEFINIRÁ POSSIBILIDADE DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Mandacaru
Visitante

Esse entre outros , quer dizer :
Barusco
Zelada
Renato Duque
Nestor Cevero
P R Costa
Fernando Baiano
E os donos das empresas em espalharam os contratos, da China até a costa leste sul do Brasil.
Empresa de fachada…Ninho de urubus e hienas famintas.
Esse Pactual deve ser chinês e fez pacto com o Lúcifer!