Megabanner

MINISTRO CELSO DE MELLO AUTORIZA INVESTIGAÇÕES CONTRA MERCADANTE, HADDAD E CABRAL

Celso de MelloAltos nomes da política nacional seguem sendo investigados pela Justiça. Nesta quarta-feira (24), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello (foto) acolheu o pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que sejam abertas investigações sobre o envolvimento do ministro da Educação, Aloizio Mercadante (PT), o senador Aloysio Nunes (PSDB), o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), o ex-senador de Minas Gerais Hélio Costa (PMDB), e o ex-deputado federal Valdemar da Costa Neto (PR) nos casos de propina dentro da Petrobrás.

A Justiça chegou a estes nomes através de informações de uma delação premiada, já homologada. Entre os delitos que serão investigados estão “crime de corrupção passiva ou de falsidade ideológica eleitoral e de lavagem de dinheiro, em concurso de pessoas”.

O processo agora segue seu curso em diferentes estâncias, dado que cada um dos citados tem foro específico. Mercadante e Aloyzio Nunes têm as investigações conduzidas dentro do STF, onde as informações serão anexadas ao inquérito 4.133. Haddad responderá o processo diante da Justiça Eleitoral de São Paulo, enquanto o Superior Tribunal de Justiça (STJ) se encarregará do caso Cabral. Por fim, Hélio Costa e Valdemar Costa Neto vão para a Justiça Federal de Curitiba.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of