Megabanner

GOVERNO FECHA CONTRATO DE R$ 369 MILHÕES PARA DRAGAGEM DO PORTO DE SANTOS

helder barbalhoEnquanto os impactos da crise pesam sobre novos projetos da indústria, os investimentos seguem crescendo no setor portuário. As obras de dragagem no canal de acesso ao Porto de Santos, o maior da América Latina, receberão um aporte total de R$ 369 milhões, em novo contrato assinado esta semana pela Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP). O projeto, que deverá garantir a manutenção na área externa do terminal, será operado pela EEL Infraestruturas, que planeja concluir o processo em três meses e posteriormente, por 40 dias, mobilizar as máquinas para executar a dragagem.

O acordo, assinado nesta quinta-feira (14) pelo ministro Helder Barbalho (foto), tem como objetivo conter o assoreamento natural dos canais de acesso, as bacias de evolução e os berços de atracação do porto, que acontece em ritmo progressivo. Dessa forma, será mantida a profundidade de 15 metros nos dois canais, o que, segundo Barbalho, “garante o acesso ao canal de navegação a todos os perfis de embarcação que ali operam”.

Além disso, ao diminuir os custos de frete e permanência dos navios no local, a preservação das condições de acesso pode garantir maior competitividade aos produtos nacionais, segundo a SEP. Quando um porto perde a profundidade de seus canais, as embarcações precisam reduzir suas cargas, gerando fretes relativos a espaços vazios. “Com estes investimentos, asseguramos a operação plena do porto e acenamos para os que estão investindo que devem continuar investindo porque estamos garantindo o ambiente adequado para que essas operações tenham pleno sucesso”, afirmou o ministro Barbalho.

Em março, o governo chegou a suspender o processo de contratação devido ao atraso na entrega dos documentos necessários por parte da EEL. A demora faria com o que as obras fossem executadas pela segunda colocada na licitação, a Van Oord Operações Marítimas, mas a situação já foi normalizada. A EEL venceu o contrato com uma proposta de R$ 369 milhões, valor inferior ao orçamento previsto pela SEP de R$ 373,9 milhões.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of