MORO ACEITA DENÚNCIAS CONTRA RONAN, DELÚBIO SOARES E OUTROS SETE ACUSADOS NA LAVA-JATO | PetroNotícias





MORO ACEITA DENÚNCIAS CONTRA RONAN, DELÚBIO SOARES E OUTROS SETE ACUSADOS NA LAVA-JATO

RONAN-MARIA-PINTO-JOEDSON-ALVES-AE1O cenário é de mudanças no país, mas a Operação Lava-Jato segue caminhando a passos estáveis. Nesta quinta-feira (12), o juiz federal Sérgio Moro aceitou as denúncias do Ministério Público Federal (MPF) contra o empresário Ronan Maria Pinto e outros oito acusados, entre os quais constam o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o publicitário Marcos Valério. Os investigados passam agora a responder como réus no processo, que denuncia esquemas de lavagem de dinheiro trazidos à tona no início de abril com a 27ª fase da operação.

De acordo com as investigações, Ronan teria sido o beneficiário final de um empréstimo fraudulento de R$ 12 milhões obtido pelo PT junto ao banco Schahin, em 2004, por meio do pecuarista José Carlos Bumlai. O empresário, dono do jornal Diário do Grande ABC, teria ficado com uma fatia de R$ 6 milhões do valor total.

As razões para o repasse a Ronan não são claros, segundo o despacho emitido por Moro, mas evidenciam a realização de chantagens contra o partido. Embora Bumlai afirme em seus depoimentos que o empréstimo foi pago por meio do fornecimento de produtos agrários, os investigadores suspeitam que a dívida foi quitada a partir da contratação da Schahin pela Petrobrás para operar o navio-sonda 10.000.

O esquema também envolveria a participação de Delúbio e Valério, marcados na Justiça por sua atuação no caso do Mensalão. Além deles, viraram réus nesta quinta-feira Breno Altman, Enivaldo Quadrado, Luiz Carlos Casante, Natalino Bertin, Oswaldo Rodrigues Vieira Filho e Sandro Tordin.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of