COSTA, YOUSSEF E DONO DA JARAGUÁ SÃO INDICIADOS PELA POLÍCIA FEDERAL | PetroNotícias





COSTA, YOUSSEF E DONO DA JARAGUÁ SÃO INDICIADOS PELA POLÍCIA FEDERAL

Paulo Roberto CostaO ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa (foto) e o doleiro Alberto Youssef estão mais uma vez no alvo dos investigadores da Lava Jato. Desta vez, eles foram indiciados – juntamente com o dono da Jaraguá Equipamentos Industriais,  Álvaro Bernardes Garcia – em novo inquérito da Polícia Federal sob a acusação de crimes de corrupção na Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

Os investigadores afirmam que contratos para serviços na refinaria celebrados entre a Jaraguá e a Petrobrás – somando R$ 326 milhões – foram alvo de desvios. Segundo o inquérito, as empresas de fachada MO Consultoria e Sanko Serviços tinham suas contas bancárias controladas por Youssef. Elas teriam recebido cerca de R$ 3,8 milhões de repasses vindos da Jaraguá.

Sobre Costa, o documento afirma que, na condição de participante do Conselho de Administração da Refinaria Abreu e Lima, ele “era um dos responsáveis pela celebração dos contratos de construção da refinaria e pelo acompanhamento da execução das obras, tendo amplo conhecimento sobre o direcionamento dos certames e o pagamento de vantagens indevidas”. Ainda segundo a PF, “o montante pago, via MO Consultoria e Sanko Sider, tinha como objetivo abastecer o ‘caixa 2’ do Partido Progressista (PP)”.

Outras seis pessoas também foram indiciadas no caso: Wagner Othero, Ricardo Pinto Korps, Nasareno das Neves, Marcio Andrade Bonilho, Waldomiro de Oliveira e Antônio Almeida da Silva.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of