ASSOCIAÇÃO MUNDIAL DE ENERGIA NUCLEAR TROCARÁ DE COMANDO A PARTIR DE OUTUBRO

dededdTroca a direção, mas as mulheres continuam com charme, beleza e competência no comando da Associação Nuclear Mundial. Sai a diretora-geral, a sueca Agneta Rising, que estava no cargo desde janeiro de 2013, entra a espanhola Sama Bilbao y León, a atual chefe da Divisão de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear e Economia da Agência de Energia Nuclear da OCDE. Ela foi escolhida e  nomeada  para ser a próxima Diretora Geral pelo Conselho de Administração da Associação Nuclear Mundial. Rising fica no cargo até o final de outubro.  Sama traz uma experiência profissional bastante diversificada, tendo trabalhado na indústria nuclear, na academia e em organizações internacionais, incluindo a AIEA. Sua formação é em Engenharia Nuclear, incluindo segurança nuclear, energia,  política ambiental, mercados de eletricidade e economia. Sua vasta experiência de trabalho em ambientes internacionais lheaqa credencia com sobras para a nova responsabilidade.

Para Agneta Rising (foto à direita)  “Foi um imenso privilégio para mim liderar a Associação e estou confiante de que ela está em um ótimo lugar para continuar seu trabalho essencial. A Associação obteve o mais alto reconhecimento de outras organizações globais, intergovernamentais e governamentais, e com o Objetivo de harmonia, agora temos uma visão conjunta para que a indústria global avance a toda velocidade”. 

Philippe Knoche, presidente da World Nuclear Association e CEO da Orano, reconheceu o trabalho realizado nesses últimos sete anos e meio:  “Todos os nossos agradecimentos a Agneta por esses oito anos de liderança diligente em tempos desafiadores. Sua energia e relacionamentos diretos geraram forte influência e reconhecimento para nossa indústria. Seu trabalho é uma rocha sólida para construir.”

Após sua nomeação,  Sama Bilbao y León disse: “Estou honrada e satisfeito por ter tido a oportunidade de liderar a Associação Nuclear Mundial.  Agneta deixa alguns sapatos muito grandes para preencher e farei o meu melhor para fazê-lo. Estou ansioso para trabalhar junto com os membros da Associação, o Conselho e a Secretaria para continuar defendendo a energia nuclear como uma fonte de tgtgtggtenergia limpa, confiável, econômica e de baixo carbono. “

Sama Bilbao y León  lidera a Divisão de Desenvolvimento e Economia da Tecnologia Nuclear da Agência de Energia Nuclear da OCDE. Tem uma experiência profissional muito diversificada, tendo trabalhado na indústria nuclear (Engenheiro de Análise de Segurança Nuclear, Dominion Energy, Estados unidos), na academia (Diretor de Programas de Engenharia Nuclear e Professor Associado do Departamento de Engenharia Mecânica e Nuclear, Virginia Commonwealth University, na América,  e em organizações internacionais (Chefe Técnico da Unidade de Desenvolvimento de Tecnologia de Reatores de Resfriamento de Água, Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). É espanhola,  bacharel em Engenharia Mecânica e possui mestrado em Tecnologias Energéticas pela Universidade Politécnica de Madrid; possui mestrado e doutorado em Engenharia Nuclear e Engenharia Física pela University of Wisconsin – Madison; e um MBA da Averett University.  As áreas de especialização da Sama são hidráulica térmica nuclear para reatores de água leve e reatores resfriados a sódio, projeto de reator nuclear, segurança nuclear, política energética e ambiental e tomada de decisões complexas.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of