AVIÃO KC390 MILLENIUM PARTICIPA DE OPERAÇÕES MILITARES CONJUNTAS PELA PRIMEIRA VEZ NOS ESTADOS UNIDOS

swswA Força Aérea Brasileira levou o avião KC 390 Millenium pela primeira vez para participar de um exercício conjunto com as forças militares americanas. O avião decolou com uma  tripulação de 21 militares do Esquadrão Zeus, que integrarão o exercício militar. Ele saiu  da Base Aérea de Anápolis, em Goiás, para Lousiana, nos Estados Unidos. A aeronave será utilizada pela primeira vez em um exercício operacional, na Operação Culminating. O Millennium fez duas escalas: em Boa Vista, Roraima, e San Juan, Porto Rico.   Durante a Operação Culminating, está previsto o emprego da aeronave brasileira no transporte de paraquedistas brasileiros e americanos. O avião integrará ainda um voo de pacote, com o lançamento de mais de 4 mil paraquedistas que saltarão de um swswswssstotal de 16 aeronaves na mesma noite. Aviões de Forças Aéreas de outros países também farão parte da atividade.

Devido ao caráter inédito e à complexidade da missão, os tripulantes passaram por treinamentos específicos, em dezembro do ano passado. O comandante do Esquadrão Zeus, Tenente-Coronel Aviador Luiz Fernando Rezende Ferraz, disse que a preparação envolveu treinamento aéreo e lições teóricas. “A aeronave KC-390 tem capacidades novas. Isso torna necessário um desenvolvimento de uma doutrina tanto para a FAB quanto para o Exército. Nesse exercício, poderemos ver como operam as aeronaves que têm frrfrfrfrfsistemas semelhantes e qual doutrina utilizam. Vamos aprender com eles, trazer esses conhecimentos e adaptar aqui no Brasil.”  O exercício conjunto ocorre entre 18 de janeiro e 21 de fevereiro, em Fort Polk, no estado de Lousiana.  Envolve tropas aeroterrestres do Brasil e outras as nações. A Operação Culminating finaliza o Plano Conjunto de atividades realizadas entre os dois países ao longo de cinco anos.

Tenente-Coronel Aviador Luiz Fernando Rezende Ferraz, disse que a aeronave e os militares tiveram bom aqaqaqadesempenho durante o período de treinamento e estão preparados para participar do exercício que é um marco na história do KC-390 e da Força Aérea Brasileira: “Nós temos tudo para mostrar para o mundo a capacidade do KC-390, que pela primeira vez vai lançar paraquedistas junto com outras aeronaves estrangeiras. O Exercício conjunto vai ser muito importante não só para o 1° GTT, como também para a FAB e para o país.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of