BERNARD LOONEY RENUNCIOU AO CARGO DE CEO DA BP APÓS INVESTIGAÇÃO REVELAR RELACIONAMENTOS COM COLEGAS DE TRABALHO

1881_0d99f2692e075a68c1e99dd4197aa8e9Uma notícia que movimentou os bastidores da indústria mundial de petróleo e gás. O executivo irlandês Bernard Looney (foto) renunciou ao cargo de CEO da petroleira britânica bp. A empresa disse que recebeu uma denúncia sobre o relacionamento de Looney com colegas de trabalho antes de ele ser nomeado presidente da companhia, em julho de 2020. Ele será substituído interinamente pelo diretor financeiro Murray Auchincloss.

Looney disse à empresa na terça-feira que “ele não foi totalmente transparente em suas divulgações anteriores”. Em um comunicado, a petroleira acrescentou que o executivo “não forneceu detalhes de todos os relacionamentos e aceita que era obrigado a fazer uma divulgação mais completa”.

A empresa tem valores fortes e o Conselho espera que todos na empresa se comportem de acordo com esses valores. Espera-se que todos os líderes, em particular, atuem como modelos e exerçam o bom senso de uma forma que ganhe a confiança dos outros”, completou a bp.

Desde a sua gestão, Looney reformulou a estratégia da bp, liderando uma tentativa de partes da indústria petrolífera fazerem a transição para o fornecimento de formas de energia mais limpas.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of