COMPASS EMITE R$ 1,7 BILHÃO EM DEBÊNTURES PARA CUMPRIR COMPROMISSOS AMBIENTAIS E SOCIAIS

1645031776075A Compass concluiu nesta semana a emissão de R$ 1,7 bilhão de debêntures vinculadas com o compromisso de atingimento de metas ESG. O plano da companhia é usar os recursos para investimentos e reforço do capital de giro. Os títulos terão prazo de sete anos e a remuneração das debêntures será de 100% do CDI mais um spread de 1,55% ao ano. Esta remuneração já conta com incentivo de 0,2500 % ao ano, vinculado a duas metas ESG: atingir o volume de 250 mil m3/dia de biometano distribuídos até 2027 (500 mil m3/dia até 2030); e Atingir 47% de pessoas que se enquadrem em critérios de diversidade em cargos de liderança até 2027 (50% até 2030).

Para a Compass, o resultado da captação é um sinal de confiança do mercado em nossa governança e na capacidade de execução que orientam nossa gestão. Estamos realizando a primeira emissão de debêntures ESG do mercado de óleo e gás da América Latina. Com essa ação pioneira, buscamos seguir gerando valor para o mercado de gás no Brasil e para a sociedade“, afirma o diretor financeiro da Compass, Demétrio Magalhães.

De acordo com o Diretor de Relações Institucionais, Comunicação e Sustentabilidade da companhia, Adriano Zerbini, os compromissos integram a Estratégia ESG da Compass e fazem parte do esforço da companhia para atender aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável/Agenda 2030 da  Organização das Nações Unidas (ONU). “Estamos dando materialidade aos nossos compromissos ESG. Colocamos a transição energética como centro de nossa estratégia de negócios, e acreditamos que com mais diversidade potencializamos nossa geração de valor“, explica Zerbini.

Em sua estratégia ESG, a Compass conta com diretrizes nos pilares ambiental, social e governança: viabilizar uma transição energética segura e eficiente (“E”), desenvolver as pessoas e a sociedade (“S”) e promover um mercado de gás amplo, transparente e competitivo (“G”). “As práticas ESG guiam as iniciativas da Compass desde a origem da companhia. Nossa trajetória de sustentabilidade vem sendo construída sobre esses três pilares relacionados à gestão responsável do meio ambiente, à responsabilidade social e à boa governança”, assinala Zerbini.

A Agenda 2030 da Compass fixa nove compromissos, três para cada pilar. No âmbito ambiental, atingir a neutralidade de carbono (net zero) nos escopos 1 e 2 nos negócios de distribuição; liderar a distribuição de gás de origem renovável no Brasil; e impulsionar o uso de gás na matriz de transportes nacional substituindo combustíveis mais poluentes. No âmbito social, atingir 50% de diversidade em cargos de liderança; buscar continuamente zero acidente nas operações dos nossos negócios; e definir metodologia de mensuração de impacto de projetos sociais e parcerias e a meta de pessoas impactadas. No âmbito de governança, promover o mercado livre de gás no Brasil; ampliar as alternativas de suprimento e o número de consumidores com acesso ao gás no Brasil; e adotar e promover as melhores práticas de Gestão, Controle e Sustentabilidade em todos os nossos negócios.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of