COREIA DO SUL ENVIA DELEGAÇÃO PARA NEGOCIAR LIBERTAÇÃO DO NAVIO PETROLEIRO PRESO PELO IRÃ

-1x-1Um pouco de diplomacia para acalmar os ânimos. O governo da Coreia do Sul enviou nesta quinta-feira (7) uma delegação para tentar, na conversa, resolver a dramática apreensão de um navio petroleiro sul-coreano, no início desta semana. Enquanto isso, o navio de guerra Choi Young enviado por Seol já está em águas do Estreito de Ormuz, na costa do Irã, numa demonstração de força para o governo do país islâmico.

i9i9i99iii9A equipe de diplomatas será liderada pelo diretor-geral do escritório de assuntos da África e do Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores, Koh Kyung-sok. A comitiva embarcou na manhã de hoje. O diplomata se encontrará com representantes do Ministério das Relações Exteriores iraniano. Também é esperado que o primeiro vice-ministro das Relações Exteriores de Seul, Choi Jong-kun (foto à direita), visite o Irã no domingo para discutir o assunto – a visita já estava programada antes do ocorrido.

Para lembrar, o navio petroleiro sul-coreano MT Hankuk Chemi foi tomado na segunda-feira pela chamada Guarda Revolucionária do Irã. A embarcação fazia o trajeto da Arábia Saudita para os Emirados Árabes Unidos quando foi tomada pela força militar iraniana, que alegou que o petroleiro estava causando poluição ambiental e química na área.

Choi_Young_(DDH-981)_cropped

Navio de guerra Choi Young está navegando nas águas do Estreito de Ormuz

No entanto, há mais coisas envolvidas na história para além do meio ambiente. O governo do Irã já estava pedindo para que a Coreia do Sul desbloqueie vários bilhões de dólares de fundos congelados devido às sanções impostas pelos Estados Unidos. Os iranianos forneciam petróleo para os sul-coreanos até a entrada em vigor de sanções econômicas americanas.

O governo iraniano nega que estaria fazendo uma espécie de barganha e afirmou que são questões distintas, atribuindo a apreensão a supostas violações das diretrizes ambientais. Segundo informações da imprensa sul-coreana, a tripulação de 20 pessoas do petroleiro Hankuk Chemi está bem e segura. O navio está atualmente em um porto em Bandar Abbas, uma cidade na costa sul do Irã, banhado pelo Estreito de Ormuz.

 

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of