DECISÃO EQUIVOCADA DA PREFEITURA COLOCA EM RISCO A GERAÇÃO DE EMPREGOS NA USINA DE ANGRA 3

angra 3Uma decisão sem pé nem cabeça que até agora está causando muita estranheza no setor nuclear. A prefeitura de Angra dos Reis (RJ) decidiu embargar a construção da usina nuclear de Angra 3, alegando uma mudança de projeto urbanístico e o atraso no repasse financeiro pela cessão do terreno. O prefeito da cidade, Fernando Jordão, declarou que a Eletronuclear (empresa responsável pelo projeto) assinou um termo de compromisso no valor de R$ 264 milhões, que até agora, segundo ele, não estaria sendo cumprido. A situação levou a questionamentos no setor, e há até quem brinque dizendo que o prefeito está querendo reviver um quadro do Programa Silvio Santos, o “Topa Tudo por Dinheiro”.

A Eletronuclear, por sua vez, nega as irregularidades apontadas pela prefeitura. A empresa também disse que até agora, mesmo após vários dias após decisão da prefeitura, não conseguiu ter acesso à fundamentação do processo que originou a decisão de embargar a obra. A companhia frisou também a importância econômica do empreendimento, que vai empregar diretamente milhares de trabalhadores, além de gerar diversos empregos indiretos em outras atividades da região.

Veja abaixo a íntegra da nota emitida pela Eletronuclear:

Projeção de como ficará a Central Nuclear de Angra dos Reis após a conclusão de Angra 3

Projeção de como ficará a Central Nuclear de Angra dos Reis após a conclusão de Angra 3

A Eletronuclear recebeu com surpresa a notificação de embargo das obras da Usina Nuclear Angra 3 pela Prefeitura de Angra dos Reis nessa quarta-feira, 19 de abril. Até o momento, a empresa não teve acesso à fundamentação do processo que originou a decisão da prefeitura e, portanto, não pode se manifestar sobre o assunto.

Vale lembrar que a Usina Nuclear Angra 3 é um empreendimento estratégico para o país e que já foram investidos mais de R$ 8,5 bilhões na obra. Além disso, a usina é importante não apenas porque gerará energia elétrica limpa e segura para atender às necessidades do país, mas também para o desenvolvimento socioeconômico da região de Angra dos Reis. A obra empregará diretamente milhares de trabalhadores, além de gerar diversos empregos indiretos em outras atividades da região.

A conclusão da obra trará benefícios significativos para a economia local e para a população, por meio da geração de novos empregos, do aumento da arrecadação de impostos e do desenvolvimento de novos negócios e atividades econômicas.

A Eletronuclear está empenhada em concluir a obra da Usina Nuclear Angra 3 de forma segura e responsável, em conformidade com as normas e regulamentações aplicáveis, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico da região e do país como um todo.

A empresa reafirma o seu compromisso com a segurança e a transparência em todas as suas atividades e está em contato com as autoridades competentes para buscar esclarecimentos sobre a decisão da prefeitura de Angra dos Reis. Além disso, existe o empenho em resolver a situação da forma mais rápida e eficiente possível, para garantir a continuidade das obras e a entrega do empreendimento no prazo estabelecido.

Veja também abaixo um vídeo do prefeito de Angra, Fernando Jordão, justificando sua decisão:

9
Deixe seu comentário

avatar
8 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
9 Comment authors
SilvaRicardo MacielMarcos Marques da SilvaCidadao do bemGabriel Victor Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Pedro
Visitante
Pedro

A Eletronuclear vão ficar esperando sem fazer nada ?
Realmente o Cade tem que investigar a Eletronuclear de novo pois se fosse uma empresa privada já teria procurado a justiça.
E um grupo de senadores e deputados ( que tem acesso ao STF ) acabo de criar um grupo para promover a energia nuclear. Mas voces não vão fazer nada.
Triste.

Mauro Esteves
Visitante
Mauro Esteves

Pronto. Projeto dos anos 70 com todos licenciamentos e ações legais tomadas. E agora vem um politicalho de m… querer aparecer. A Eletronuclear tem profissionais altamente capacitados e não iriam deixar passar bobagens. Infelizmente o povo vota errado…depois paga o pato. Angra 3 é obra necessária.

Kleber
Visitante
Kleber

Tem que investigar a Prefeitura de Angra dos Reis, pois estão na gestão quem ja foi preso por denuncias de corrupção e estào chantageando a Eletronuclear por dinheiro, mas não tem projetos. Fora Fernanfo Jordão

Eugenio Marer
Visitante
Eugenio Marer

Seguro???vejam Fukushyma no Japão. Chernobyl na Rússia e muitos outros projetos abandonados. Dinheiro jogado fora com alto risco ambiental. Devemos apoiar os projetos de energia solar. A Alemanha acabou de fechar sua última usina nuclear em funcionamento. E agora quem constrói uma casa tem que ter placas solares. O Brasil é o País com maior incidência solar do Mundo.

Gabriel Victor
Visitante
Gabriel Victor

Colega Eugênio, pare de ser papagaio de pirata e vai pesquisar a fundo sobre esses 2 acidentes. Só aconteceu aquele acidente em Chernobyl por falha humana e erro de projeto e fukushima foi erro de projeto também. Depois desses acontecimentos a segurança é inspeção das usinas ficaram muito rigorosas

Cidadao do bem
Visitante
Cidadao do bem

Colo sempre Jordão ladrão,essa angra não melhora por causa dessa família ,sempre nos mesmo no poder,quer 264 milhões pra por no bolso , vergonha,maior ladrão.pq não pede apenas pra ela criar cursos e capacitar.os marcadores local com formação de pessoal praesa,não essa extorsão

Marcos Marques da Silva
Visitante
Marcos Marques da Silva

Trata-se de uma obra de valor inestimável para o Brasil.

Se há detalhes urbanísticos para acertar creio não ter sido necessário o embargo da Prefeitura Municipal de Angra dos Reis RJ BRASIL.

Quanto a parte política partidária é de se esperar, paciência

http://www.Facebook.com/AEAP-RJ

Ricardo Maciel
Visitante
Ricardo Maciel

O embargo das obras é tão absurdo, pois o Prefeito busca, na verdade, tentar coagir o ELETRONUCLEAR para receber um valor que cita, deixando milhares de trabalhadores ao relento, direta e indiretamente. São erros deste tipo, que destroem o progresso do Brasil, por políticos com mentalidade tacanha, que cuidam de seus municípios como se fossem o “quintal de suas casas”!

Silva
Visitante
Silva

Caso a decisão não tenha uma justificativa técnica e verdadeira o prefeito deveria ser destituído cargo e investigado.Acredito mais na Eletronuclear e seu quadro técnico do que num burocrata.