EDF RENEWABLES INAUGURA COMPLEXO EÓLICO COM GARANTIA DE VENDA DE ENERGIA PARA BRASKEM POR 20 ANOS

XSO Complexo Eólico Folha Larga Norte, em Campo Formoso (BA), é o terceiro empreendimento da EDF Renewables a entrar em operação no Brasil. Com investimento de mais de R$ 1,5 bilhão, o projeto possui duas fases que totalizam 82 aerogeradores e 344 MW de capacidade instalada, o equivalente ao consumo de energia de aproximadamente 850 mil residências.  A construção do parque eólico contou com a implantação de um plano de contratação e capacitação de mão de obra local para que os moradores da área de influência direta do projeto tivessem condições de aproveitar as oportunidades. O pico de contratação a serviço do empreendimento chegou a mais de 800 pessoas, sendo 67% de mão de obra local. Ao longo do projeto também foram realizadas diversas ações sociais e ambientais, como a produção de um viveiro com mais de 15 mil mudas em crescimento de 20 espécies típicas da caatinga.

Folha Larga Norte foi viabilizada pela contratação de venda de energia nos leilões do governo em 2018 e no mercado livre pela celebração do compromissoV com a Braskem,  como consumidor âncora, além de outros agentes. Pelo acordo, a Braskem se comprometeu a comprar energia do projeto da EDF Renewables por 20 anos em um contrato de compra de energia renovável. O CEO da EDF Renewables no Brasil, Paulo Abranches (foto principal), disse que “A contratação de energia renovável no mercado livre permite que as empresas contribuam de forma decisiva na transição energética, além de promover importantes impactos para os negócios e melhorias sociais no entorno dos projetos. O contrato de compra e venda de energia com a Braskem demonstra nossa competitividade e nos posiciona como um importante player em energias renováveis no Brasil.” Com Folha Larga Norte, a EDF Renewables passou a ter 527 MW em projetos eólicos em operação. No Nordeste, a empresa conta ainda com a expansão do Parque Eólico Ventos da Bahia (182 MW), localizado a mais de 300 Km de Salvador (BA), e o Parque Eólico Serra do Seridó (242 MW) em Junco do Seridó s(PA), ambos em construção.

Gustavo Checcucci (foto à esquerda), Diretor de Energia da Braskem, afirmou que  “Temos o objetivo de estar entre as melhores indústrias químicas do mundo em intensidade e consumo energético, nos fortalecendo como um importante usuário de energia de fonte renovável. Assumimos recentemente o compromisso de nos tornarmos carbono neutro até 2050 e a utilização de matrizes energéticas renováveis em nossa operação é parte essencial desse processo. A parceria com a EDF Renewables é um marco nessa jornada, por meio da qual estimamos a redução de 280 mil toneladas de CO2 ao longo dos 20 anos de contrato.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of