EDP BRASIL VENDEU TRÊS LINHAS DE TRANSMISSÃO PARA A ACTIS INVESTIMENTOS

edpA EDP vendeu para a Actis Assessoria de Investimentos 100% do capital de três de seus empreendimentos de transmissão de energia: a EDP Transmissão S.A. (Lote 24), a EDP Maranhão I S.A. (Lote 7) e a EDP Maranhão II S.A. (Lote 11). Os ativos, que somam 439 quilômetros de extensão, têm receita anual permitida (RAP) de R$ 131 milhões e enterprise value de R$ 1,32 bilhão. O acordo se deu por meio de processo competitivo e está alinhado com a estratégia da Companhia de rotação de ativos do segmento de Transmissão. A operação ainda deverá ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), além do Banco do Nordeste do Brasil e de debenturistas, conforme aplicável.

Presente há mais de 20 anos no País, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. Com mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, a Companhia tem negócios em Geração, Transmissão, e Soluções em Serviços de Energia. Para João Marques da Cruz (foto), CEO da EDP no Brasil, a concretização da transação de hoje permite à EDP cristalizar valor com a rotação destes ativos de transmissão cumprindo uma metalinhas prioritária da estratégia definida para o ano de 2021. “Com esta venda e a compra da CELG-T, que ocorreu no último dia 14, aumentamos a presença no negócio de Transmissão, o qual apresenta um menor risco setorial, e criamos valor adicional para os nossos acionistas”, declarou.

No último dia 14, a EDP adquiriu 100% das ações da Celg Transmissão (Celg-T), em leilão organizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A compra foi realizada por R$ 1,98 bilhão de reais. Com a operação, a EDP estima uma receita anual permitida (RAP) adicional de R$ 223 milhões no ciclo 2021/2022, através da aquisição dos 756 quilômetros de redes de transmissão e das 14 subestações da estatal goiana de transmissão.

Com a venda dos lotes 7, 11 e 24 e a aquisição da Celg T, a EDP passa a contar com oito empreendimentos de transmissão em seu portfólio que, quando operacionais, totalizarão 2.241 km de linhas em extensão e aproximadamente R$ 702 milhões de RAP. Desde 2017, a Companhia já investiu R$ 4,1 bilhões em obras e projetos de Transmissão adquiridos em leilões da ANEEL ou no mercado secundário. Isso representa 80% de execução de seu CAPEX total nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Maranhão e Espírito Santo, Acre e Rondônia.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of